22.4.13

Resenha: Pandemônio


Pandemônio - Lauren Oliver
304 páginas


"Essa é a garota que sou agora. Meu futuro é aqui, nessa cidade, cheia de estalactites suspensas como se estivessem prontas para cair."


Pandemônio é o segundo volume da trilogia Delírio, e como eu adorei o primeiro livro fiz a besteira de nutrir altas expectativas com relação à sua continuação. Pois é, me dei mais ou menos mal.
Claro que não chegou a ser um desperdício de tempo, porém senti que a história acabou ficando meio superficial. Mas em compensação, o final... Bom, depois eu falo disso.

Os capítulos revezam entre 'antes' e 'depois', distribuindo a narrativa em dois momentos distintos da vida da nova Lena.
Em 'antes' descobrimos o que aconteceu logo após a fuga desastrosa do final de Delírio. Nesses capítulos também conhecemos a galera da Selva, entre eles Graúna, alguém que Lena encara como um tipo de segunda mãe, apesar dela não ter idade pra isso.
Já os capítulos entitulados como 'depois' nos mostra o presente, com Lena já fazendo parte da resistência. É aqui que a história se desenvolve, de fato.

Ai eu já vou começar a reclamar: por que revezar os capítulos?
Parece que Lauren só quis deixar o livro com um formato diferente, já que não há nada que justifique esse vai e volta.
Se ainda tivesse um mistério, ou algum segredo que precisasse ser revelado aos poucos, como em Bela Maldade... Mas não. É só firula mesmo.
Eu acho que se ela tivesse narrado os acontecimentos em ordem cronológica, normalmente, a leitura teria ficado mais agradável.
Além do mais, as partes do 'antes' são muito chatas, e se não fosse pelo fato de que a gente tinha que saber o que foi feito de Lena depois da fuga, seria completamente dispensável.

Desabafo feito, vamos continuar falando da história.
Lena, já como parte da resistência, conhece Julian, que é o símbolo da ASD (América Sem Deliria). Os dois são obrigados a conviver por um tempo e, lógico, começa a rolar um clima.

Aí você me pergunta: e o Alex???
Lena acredita - e tem motivos pra isso - que ele esteja morto. Mais pra frente nós ficamos sabendo o que aconteceu.

Julian me pareceu uma figura quase infantil, totalmente o oposto de Alex, mas gostei da forma com que a autora desenvolveu a aproximação entre ele e nossa protagonista.
Em determinado momento, o novo quase casal têm que enfrentar a fúria dos Saqueadores e Lena acaba descobrindo que o perigo nem sempre vem de fora e que ela não pode confiar em ninguém.
Se tem uma coisa que Lauren sabe construir, são cenas de ação. Ela coloca seus personagens em cada situação que a gente pensa: como eles vão sair dessa? E foram justamente essas partes que não me deixaram perder o interesse pela história.

Agora o final... Eu não me lembro de ter lido um final tão bom como o de Pandemônio!
Meu coração foi na boca e eu passei do nível 'sei lá se vou ler Requiem' para o nível 'eu quero Requiem AGORA'.
Fechei o livro satisfeita, perdoei Lauren pelas minhas decepções e já estou aqui fazendo a besteira - ou não - de nutrir altas expectativas com relação ao último volume da trilogia.

6 comentários:

  1. O final de Delírio me deixou completamente magoada com a autora, dentre todos os personagens, o único que eu não suporto pensar que pode morrer em algum trecho da história é o Alex. Eu simplesmente surtei com a possibilidade que a autora deixou no final de Delírio e estou morrendo de curiosidade para ler Pandemônio e ver se a autora deixa alguma pista de seu paradeiro. De qualquer modo, fiquei triste em saber que a história vai ser revezada entre antes e depois, acho chato quando isso acontece, mas mesmo assim quero muito ler o livro, acho que meu amor pelo Alex merece uma resposta, hahah!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb sou apaixonada pelo Alex! E apesar desse livro não ser tão bom quanto o primeiro, vale a pena ler!

      Excluir
  2. Não li a resenha porque não quero ver spoiler. Ainda não li o primeiro livro, mas estou loucaaaaaaaaaaaaa para ler. *-*

    http://livrinhoseeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem spoiler do segundo livro, Ana, mas já que vc não leu o primeiro é melhor não ler a resenha pq sobre o primeiro tem sim...

      Excluir
  3. Oba, resenha nova!!!
    Esses livros não me "pegaram"... não tenho vontade de lê-los, apesar de achar as capas de bom gosto, bem bonitas.
    Adorei sua resenha e fiquei bem curiosa em relação a esse final. Hehehehe! :)
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li Delírio sem muitas expectativas, Neri, e me surpreendi! Quem sabe um dia você não dá uma chance pra eles...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...