18.6.13

Resenha: O Mar de Monstros


O Mar de Monstros - Rick Riordan
286 páginas


"- Definitivamente tenho sentimentos fortes por você. Só não decidi ainda se são negativos ou positivos.
- Me avise quando descobrir.
- Você será o primeiro a saber."


Em O Mar de Monstros, Percy está vivendo o ano mais calmo de sua vida, porém uma partida de queimado nada convencional mostra ao semideus que até a tranquilidade pode ser sinal de que alguma coisa errada está acontecendo.
No meio da confusão que se instala, Annabeth aparece com notícias nada animadoras sobre o Acampamento Meio-Sangue. Percy e seu novo e estranho amigo, Tyson, correm para lá junto da garota a fim de descobrir exatamente o que está acontecendo. Ao chegar, o trio encontra as defesas do lugar enfraquecidas, graças a um ataque à árvore de Thalia, a qual aparenta estar com os dias contados.
Além disso, Quíron foi despedido e o novo diretor de atividades, Tântalo, não parece muito interessado em defender os meio-sangue.
Contrariando as ordens que receberam, Percy, Annabeth e Tyson partem em busca da única coisa que pode salvar o Acampamento, o Velocino de Ouro. Eles também precisam resgatar Grover, que está correndo sérios perigos.

Neste livro, Rick conserva sua narrativa bem humorada e se supera com relação às aventuras de Percy, que prendem bem mais nossa atenção do que no anterior.
O desfecho do segundo volume também é melhor do que o de O Ladrão de Raios. O cliffhanger deixado pelo autor aguça nossa curiosidade acerca da continuação da saga. Em minha opinião, foi o maior acerto de Riordan.
Também gostei da construção de alguns personagens, como Polifemo, que possui força de sobra e inteligência de menos.
Todavia, apesar de ter vários pontos positivos, percebi que a saga Percy Jackson é um pouco mais infantil do que eu esperava...

Não estou amando a série, mas também não estou desanimada a ponto de querer parar. Vou continuar lendo os livros com esperança de que Percy ainda me surpreenda.

10 comentários:

  1. Tenho que ler esses livros,
    nunca li nenhum dele,
    vou ver se crio vergonha e leio logo...
    Parabéns pela resenha.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê sim, Delmara! Não achei nada de espetacular, mas é bem legal!

      Excluir
  2. Oi, Mi!
    No próximo mês vou ler todos os livros dessa série. Será que vou gostar mais do que você?
    Adorei a resenha! <3
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver, Neri! Tô curiosa pra saber sua opinião!

      Excluir
  3. Finalmente alguém que não idolatra Percy Jackson! Eu baixei os livros ao invés de comprá-los justamente temendo que os livros não fossem tuuuudo aquilo que falavam. E não é que eu estava certa? Tem algumas sacadas que são muito boas, é claro, mas os livros não atingiram as minhas expectativas, infelizmente.
    Só uma coisa [SPOILER or not]: Thalia é a minha personagem preferida, a que me fez continuar lendo PJO :)
    Beeijo
    http://estoriasdacarter.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série tb não atingiu minha expectativa não, Jéssica... O último livro ainda é melhor, mas mesmo assim ficou aquém do que eu esperava. Aos poucos vou colocando as resenhas aqui.

      Excluir
  4. Eu gostei de PJO :D adoro livros bobos xD Não precisa de ficar pensando de mais, simplesmente
    aproveite a leitura xD. Convenhamos, o público alvo são pessoas de 12 anos...
    Adorei a resenha Mi :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Biel. Não sei porque, ou talvez por sempre ver comparações com HP, pensei que era menos infantil... Mas parece que o intuito foi fazer um livro mais simples msm. :)

      Excluir
  5. Adoooro PJO... adorei sua resenha... seguindo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...