27.12.13

Resenha: A Culpa é das Estrelas


A Culpa é das Estrelas - John Green
288 páginas


"Alguns infinitos são maiores que outros... Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto limitado. Eu queria mais números do que provavelmente vou ter."

 
Logo na capa de A Culpa é das Estrelas fui avisada: "você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais". Dito e feito! Eis que, pela primeira vez na vida, um livro conseguiu amolecer meu coração de pedra e me fez chorar. Mas chorar de verdade, como se aquelas pessoas inventadas por Green existissem e estivessem passando por tudo aquilo mesmo.
Esse livro também me fez rir, o que já não é tão difícil... E, assim como chorei de verdade, também ri de verdade, de gargalhar mesmo. Incrível como alguém consegue criar uma narrativa tão engraçada dentro de uma história tão delicada.

Em ACEDE, John Green criou personagens únicos e cativantes. Por exemplo, como não amar uma pessoa que se refere ao Gus, um garoto que teve metade de uma das pernas roubada pelo câncer, dizendo que "montaria naquele pônei perneta e daria uma volta inteira no curral"?!
E se eu amei a Kaitlyn, que foi a responsável pela frase acima mas nem tem tanto destaque na história, me diz: como não amar Hazel e Gus?! Ambos são inteligentes, corajosos e enfrentam uma doença cruel, que promete fazer com que o infinito deles seja menor do que o de outras pessoas...
Contudo, o mais lindo na relação dos dois é ver a forma com que eles se completam. Hazel e Gus sabem que, por mais limitado que seja seu tempo aqui na Terra, o importante é fazer com que seus dias valham a pena.

Enfim, nem me sinto à altura para descrever essa obra, portanto só quero que saibam que vale a pena o tempo gasto com cada página.
Não cometam o mesmo erro que eu, que fiquei cheia de preconceitos contra o livro, achando que seria só mais um romance meloso e triste, porque A Culpa é das Estrelas nem passa perto disso!
Terminei a leitura me sentindo diferente de quando comecei, e ao fechar o livro a primeira coisa que tive vontade de fazer foi aplaudi-lo de pé. E eu aplaudi. Literalmente.

28 comentários:

  1. Oi Michelly!
    A maioria das resenhas que li acerca desse livro foram extremamente positivas como a tua. Já eu li e não gostei tanto assim, achei apenas uma "leitura recreio", nada de marcante, nada de mais. Não me entenda mal, eu gostei da história em si, mas pra mim está longe de ser um livro excelente. Enfim, é interessante ver como cada um pode pegar um mesmo livro e ter opiniões tão divergentes, mas é bom sempre ir trocando ideias.
    Também acho que preconceitos devem ser colocados de lado, pois um livro pode não ser bom pra mim mas ser perfeito pra ti. Cada um tem que tirar suas próprias conclusões acerca de uma obra.
    Bom fim de semana, um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho muito legal isso de descobrir a opinião de cada um sobre uma mesma obra, Fernanda, e fiquei feliz por vc ter sido sincera no comentário! :)

      Excluir
  2. Mi! Acredita que ainda não li esse livro por puro medo do tanto que imagino que eu vá me emocionar?
    Mas acho que está mais do que na hora de eu deixar de lado essa preocupação, porque se me descabelei lendo "Todo dia", acho que consigo passar por esse hahahaha
    Adorei!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ri mais do que chorei, Sô... Tem uma parte dele que e muito triste, mas 90% é bem engraçado!

      Excluir
  3. Oi Michelly :)

    Eu não gostei muito desse livro, pois achei meio clichê e deverás meloso. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei que ia achar clichê, Gabriel, mas não achei não! Acho que depende muito do momento que a gente lê...

      Excluir
  4. Eu já li e esse livro, mas não me cativou. Não tive esses picos de emoções, não ri e nem chorei, fiquei no meio termo. Mas não me arrependo de tê-lo lido, o livro é realmente muito bom!

    Beijo,
    Mariana - Blog Portão Azul ( http://portaoazul.blogspot.com.br/ )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei surpresa por ter chorado, Mariana! É difícil quebrar esse meu coração de pedra! kkkkkk

      Excluir
  5. Que ótima sua resenha, só vejo comentários positivos com o livro. Pensei em compra-lo mas logo desisti. Juntarei um dinheirinho para comprar o meu <3

    http://dienyladyy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei, Dieny (vc deve ter percebido pela resenha, né?! hehe), então acho que vale muito a pena!

      Excluir
  6. Que bom que vc gostou do livro, ele é um dos meus favoritos! Adorei a sua resenha :)

    bjs
    whoisllara.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Ainda tenho preconceito contra o livro, mas depois dessa sua resenha, acho que vou deixar minha idiotice de lado e vou embarcar nessa, aliás, já o li até a metade.

    Parabéns pela resenha! Acho que é a ultima do ano né? A minha também foi.
    Resenha de ACEDE pela Mi.. Maravilhosa!

    Gabryelfellipeealgo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a última do ano sim, Byel! Escolhi ACEDE pra fechar com chave de ouro! hehe

      Excluir
  8. Esse livro é maravilhoso! Também acho que os personagens foram bem construídos, mas acho que é assim em qualquer livro do John (íntima eu, rs.).
    Também me apaixonei pela história,ri, chorei, e quis mais!
    Adorei sua resenha, adorei o blog, estou seguindo e vou voltar sempre, afinal, coisa boa tem que se acompanhar né rs.

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    espero sua visita (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ju! :) Tb adorei o seu blog e já estou seguindo, viu?!

      Excluir
  9. Esse livro é lindo, inteligente, fofo, engraçado, cativante, tem uma história delicada, encantador. Um dos melhores que eu li em 2013, também está na lista de favoritos. Amo esse livro e acho uma pena que algumas pessoas o considerem ruim por ser um livro "modinha". Não sabem o que estão perdendo!

    Gloria, Leitura e Pipoca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é uma pena mesmo, Glorinha... Se a pessoa leu e não gostou, tudo bem dar sua opinião, afinal a gente não é obrigado a pensar igual. Mas eu acho terrível quando vejo alguém falando mal de um livro que nem leu!

      Excluir
  10. Eu sou superfã de John Green e amo de paixão A Culpa é das Estrelas. Tive um certo dilema na hora de fazer minha resenha (que imagino que você tbm teve): Eu escrevi, apaguei, escrevi de novo, mas nada que eu fazia parecia ser digno da obra. Acho que no final acabei fazendo um bom trabalho e acho que você tbm.

    http://somewhere-just-for-us.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um dilema pra mim tb, Laura! Fiz, refiz e no final achei que ainda não ficou bom o suficiente! hehe... Mas que bom que vc gostou! :)

      Excluir
  11. Oi Michelly! Como vai? Eu também gostei muito de ACEDE e li ele recentemente. A escrita do Green é ótima...

    Abraço.
    www.blogopenbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu li A Culpa é das Estrelas e, sinceramente, não gostei tanto. Ele é ótimo, mas, pra mim, parece ser um livro tão previsível. Antes de assistir ao filme, vou lê-lo novamente. Quem sabe eu não goste mais na segunda vez?

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que goste mesmo, Emily. Eu só consegui ler O Teorema Katherine depois de algumas tentativas! hehe

      Excluir
  13. Sinto que vou ser apedrejada pelo que vou dizer, mas coragem... Li o livro esse ano e achei mediano, nada do que as pessoas dizem, apenas mais um livro de amor. Eu realmente não enxerguei nada demais. Acontece que comigo foi exatamente o contrário, eu achava que ia ser bom e acabei encontrando mais um romance. Você achou que ia ser ruim e achou bom...

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai ser apedrejada não, Gabi! kkkkkkk... É bom ver que as pessoas têm opiniões diferentes! Imagina se todo mundo pensasse igual, que chato o mundo ia ser! ;)

      Excluir
  14. Mi, li esse livro também em 2013, e acredite ou não... não chorei... eu achei o livro interessante com uma mensagem muito boa, mais não consegui me emocionar a ponto de chorar, acho que no filme eu vou chorar muito... porque sou visual e acabo me emocionando mais vendo do que lendo algo.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não choro facilmente nem com livro, nem com filme, Patty, exceto quando eu tô na TPM... kkkkk... Mas não era o caso quando li ACEDE, então é porque o livro me tocou mesmo! :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...