6.12.13

Resenha: Sushi


Sushi - Marian Keyes
574 páginas


"- Droga - pensou ela, ao se dar conta. - Acho que estou tendo um colapso nervoso.
Correu o olhar pela cama onde estava jogada. Seu corpo havia muito necessitado de um banho espalhava-se letargicamente sobre o lençol havia muito necessitado de uma troca. Lenços de papel encharcados e amassados atulhavam o edredom. A poeira se acumulava sobre um arsenal intacto de chocolates em cima da cômoda. A televisão no canto bombardeava sem trégua a programação da manhã. Opa, colapso nervoso, sem dúvida.
Mas algo estava errado. O que seria?
- Sempre achei... - ela arriscou. - A verdade é que sempre esperei...
Do nada ela soube.
- Sempre achei que seria melhor do que isso..."


Lisa é a workaholic-fashionista-venenosa da história e de cara já se tornou minha preferida. Sua trajetória começa em Londres, onde era a diretora da revista Femme e esperava ser transferida para uma revista ainda maior que a atual, com sede em Nova Iorque. Porém, para seu desespero, Lisa foi mandada para Dublin, na Irlanda, a fim de começar uma nova revista do zero, a Garota. Lógico que seus chefes te deixam uma escolha: é ir pra Dublin ou ficar desempregada.
Lisa é arrogante e tem o dom de afastar as pessoas que mais gosta de sua vida. Ela fala umas coisas tão grosseiras que não sei como alguém teria coragem de ser assim. Contudo, Marian Keyes vai nos contando como foi a vida dessa garota, aí temos a oportunidade de entender os motivos dela ser assim. 
Por que ela é a minha preferida? Simples. Ela é uma pessoa real, que não finge ser o que não é e, indiscutivelmente, é a que mais evolui durante a narrativa. Também achei que Lisa é a personagem mais complexa de Sushi, e eu gosto de complexidade.

Ashling era pra ser a boazinha da história, mas basta observar a forma que ela trata a doença da mãe que concluímos que o que ela é, é muito sonsa. Até entendo o receio dela de herdar o problema, mas daí a abandonar a pessoa que era pra ser a que ela mais ama no mundo? Egoísta. É isso que ela é. 
Além de não ter cintura, Ashling é muito supersticiosa que vive em Dublin. O livro começa com ela desempregada, até que consegue um cargo na nova revista Garota. Ao contrário de Lisa, Ashling fica radiante com a oportunidade de um novo emprego. 
Não é que eu a odeie, mas nunca gostei de personagens, ou de gente, hipócrita.

Clodagh é uma patricinha mimada e linda, que sempre foi acostumada a ter tudo e todos aos seus pés. Amiga de Ashling, Clodagh também mora em Dublin. Ela é casada com Dylan, um homem tão lindo quanto ela, rico e apaixonado pela esposa. Ela também tem dois filhos bem pestes, mas saudáveis, que é o que importa. Mas Clodagh quer mais. O que pode ser mais do que isso, eu não sei... 
Essa eu odeio. Ô garota insuportável, que reclama de tudo o tempo todo e vive insatisfeita. Tudo bem, eu sei que a pessoa tem o direito de querer mudar de vida, mas ela passa quase o livro todo sem fazer nada pra que isso aconteça, e quando faz, é inconsequente e age com total falta de caráter. 
Acho que a autora colocou Clodagh na história só pra nos mostrar como não ser e o que não fazer em nossa vida.

No início de Sushi, fiquei pensando em como a vida dessas pessoas iria se cruzar. Lisa e Ashling era fácil, elas iam trabalhar no mesmo lugar, mas e Clodagh? Foi então que Marian Keyes me surpreendeu, colocando na trama outros personagens que fizeram com que o encontro das três acontecesse de forma natural. 
Dentre esses outros personagens, os que mais chamaram minha atenção foram Jack, com seu jeito largado e Boo, nos mostrando a dura realidade das ruas. Adorei os dois.

Já li algumas opiniões dizendo que o desenvolvimento de Sushi é um pouco confuso, o que discordo totalmente porque pra mim foi tudo muito claro. A autora conseguiu ligar os acontecimentos entre si e o resultado foi uma narrativa bastante realista. 
Esse livro mostra exatamente a vida como ela é, cheia de encontros, desencontros e reencontros. 
Nós acompanhamos a história através do ponto de vista de Lisa, Ashling e Clodagh, o que nos dá uma visão mais geral das coisas e nos permite conhecer melhor cada uma delas. 
Outra coisa que me conquistou na escrita de Keyes foi o humor. Ela narra pequenos acontecimentos do nosso dia-a-dia de forma muito engraçada, fazendo até com que a gente encare certos contratempos de forma mais leve.

Como parece ser em todos os livros de Mirian Keyes, o tema central de Sushi é a busca pela felicidade. Quais personagens vão conquistar esse objetivo? Aí vocês terão que ler pra descobrir...

16 comentários:

  1. Sinceramente falando não sinto a menor vontade de ler esse livro. O único livro que tenho da autora é 'Melancia' e está parado na minha estante =/ Mas juro que ainda vou dar uma oportunidade para ele.
    Mas voltando ao foco da resenha, não fui muito com a cara de Lisa. Não gosto muito de pessoas com as características dela, me parecem um pouco 'imaturas' =/ A visão da obra me parece um pouco 'auto-ajuda', não sei x.x
    Óh céus, não me apedreje POR FAVOR :(

    Beijinhos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não me interessava muito pela Marian, mas Sushi tava tão barato uma vez, a versão normal, que eu comprei pra ver de quelé que era! hehe... E achei bem legal! Agora quero ler Casório. Melancia e os outros da série da protagonista de Melancia não chamam a minha atenção não... E a Lisa vai amadurecendo no decorrer da história, por isso gostei mais dela do que das outras! :) Podexa que eu não te apedrejo não! kkkkk

      Excluir
  2. Oi Mi, tudo bem?
    Não gosto muito de Chick lit nem da autora Marian Keys... Mas li na sua resenha que a autora usa e abusa do humor, certo? Bom, quem sabe não dou uma chance rsrs Tenho quase todos os livros dela aqui em casa, minha irmã é fã assumida.

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de chick lit, mas esse é bem mais maduro do que eu esperava... Não é que ela escreva com humor de propósito, mas a forma com que ela descreve algumas situações do nosso cotidiano são muito engraçadas, sim! :)

      Excluir
  3. Oi, Mi!
    Eu não gosto muito desse gênero literário, e não tenho vontade nenhuma de ler esse livro e nem a autora.
    Mesmo sua resenha sendo MUITO interessante.
    Acho que é um pouco de preconceito da minha parte hahaha
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é preconceito não, Sô, é só questão de gosto mesmo! :)

      Excluir
  4. Oi Mi tudo bem, olha dessa autora eu li Melancia, o título e a capa me chamaram a atenção porém achei chata a história e a personagem principal uma reclamona, fora que o livro é cara gente por que isso!
    Mas eu tenho vontade em ler os outros livros dessa autora, pois também li muitas resenhas positivas e a sua foi ótima!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são caros mesmo, Dani. Eu só comprei pq tava 20,00 a versão normal! hehe

      Excluir
  5. Eu, até o momento, só li um livro da Marian, Melancia e adorei a escrita da autora! Espero poder ler outros livros dela.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tenho muita vontade de ler Melancia não, Ju, apesar de já ter ouvido falar bem dele algumas vezes...

      Excluir
  6. Michelly, adorei a resenha! Já faz um tempo que eu estou com vontade de ler esse livro, mas acabo deixando de lado, só que agora fiquei mais animada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu ficou aqui na minha estante um tempão, mas quando li, não me arrependi!

      Excluir
  7. oi flor! Gostei mto da resenha! Gosto de humor, isso é algo que talvez me conquiste, além da história realista, comprei uns livros dela na promoção por 9,90 ano passado e to até hj enrolando pra ler! Acho q Sushi tá na lista hahahah Já leu Cheio de Charme dela? Quando ele chegou aqui em casa eu vi que era grosso que só! acabei adiando pra quando eu tivesse mais tempo =x acho q uma opinião dele antes de ler pode me motivar mais ♥ (ou não hahahahah)
    um abraço flor ♥
    Pan
    http://pansmind.blogspot.com/2013/11/sorteio-de-natal-amazonia-arquivo-das.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li esse não Pan... Na verdade, da Mirian, só li Sushi mesmo... :)

      Excluir
  8. Ainda não me apaixonei pela M. K. , mas adorei a resenha! (=

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...