7.3.14

Resenha: Cidade dos Anjos Caídos


Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare
364 páginas


"A história é escrita por vencedores, é o que dizem - declarou. - Talvez não haja tanta diferença entre os lados da Luz e das Trevas quanto pensa. Afinal, sem as Trevas não haveria nada para a Luz iluminar."



Depois de 3 livros eletrizantes, Cassandra Clare pisou no freio com Cidade dos Anjos Caídos...

A guerra acabou, Valentim foi derrotado e os Nephilim finalmente voltaram à sua vida normal.
Para Clary e Jace, melhor do que o fim do confronto, foi a descoberta de que eles não são irmãos, o que significa que podem viver livremente seu amor. E logo no começo da narrativa, entre um amasso e outro, Jace está ajudando a namorada a melhorar suas habilidades como Caçadora de Sombras.
Enquanto isso, Simon se desdobra para manter dois namoros sem que uma namorada descubra a existência da outra. Vale ressaltar que as namoradas em questão são Isabelle e Maia.
Alec e Magnus estão viajando, curtindo um tempo juntos depois de terem assumido seu romance perante todos em Idris.

Mas as coisas voltam a desandar quando Caçadores de Sombras começam a ser assassinados. Ao mesmo tempo, Jace decide se afastar de Clary sem lhe dar satisfações.
E tem mais...
Alguém do passado de Maia ressurge para mexer com emoções que a licantrope julgava adormecidas. Uma nova e poderosa vampira se mostra perigosamente interessada em Simon. Alec começa a se incomodar com o passado e a imortalidade de Magnus. E Jocelyn não consegue se concentrar nos preparativos de seu casamento com Luke, graças a culpa que ainda sente por ter gerado um filho como Sebastian (ou Jonathan, como você preferir chamar).

Agora os Nephilim precisam descobrir quem é o autor dos assassinatos, além de lutarem contra seus próprios fantasmas.

Pois bem, depois de todos esses problemas, você deve estar pensando: 'esse livro deve pegar fogo!'. Mas pode tirar seu cavalinho da chuva, porque Cidade dos Anjos Caídos é o livro mais devagar da saga, até agora.
A narrativa é muito boa. Cassandra realmente é uma autora bem criativa. Porém, fiquei com a impressão de que não precisava de um livro inteiro só pra essa história. Ele parece ser meio que uma introdução gigante para o que a escritora realmente quer contar mais pra frente.
Não me entendam mal, eu não achei o 4º volume da série Os Instrumentos Mortais ruim. Só não gostei tanto quanto dos anteriores.

Ao que tudo indica, Clary continuará sendo a protagonista que não é protagonista. Entretanto, dessa vez o destaque não foi Jace, mas sim Simon.
Eu gosto do Simon, ainda mais levando em consideração que ele fica mais maduro e complexo a cada página, mas meu amor é todo do Jace e, sinceramente, não estou gostando do rumo que as coisas estão tomando no que diz respeito à ele...
Gostei de Camily, mas não sei se confio nela. Desconfio de Raphael, mas não sei se ele é tão mau assim.

Durante a narrativa, dois personagens conseguiram me irritar profundamente: Alec e Jocelyn.
Alec, movido pelo ciúme irracional que passou a sentir do namorado, só fez besteira. Mas eu ainda gosto dele.
Já a Jocelyn não me desce do jeito nenhum! Ela age como se Clary fosse um bibelô que, se cair, quebra. Não é possível que ela ainda não percebeu que a superproteção com que ela criou sua filha só a prejudicou até agora. A verdade é que eu não suporto superproteção, seja na vida real, seja na ficção.

O final é bom, mas já deixa claro o que virá a seguir. De qualquer forma, estou curiosa para saber como as coisas irão transcorrer em Cidade das Almas Perdidas.
Espero que Cassandra volte a me surpreender!

4 comentários:

  1. Já vi muitas críticas positivas da série, mas não me interessei muito. Sei lá, não me cativou.
    Beijos,
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série é boa! Apesar desse livro ser mais parado, vale a pena!

      Excluir
  2. Dei só uma olhadinha na sua resenha porque ainda não comecei essa série, mas espero faze-lo em breve! rs
    Vejo diversos comentarios positivos e espero gostar!!

    Tomara que os outros livros retomem o ritmo mais acelarado =)

    Beijos
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só esse que é mais paradinho mesmo, o 5º já volta a agitar! hehe

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...