28.3.14

Resenha: Quando Você a Viu pela Última Vez?


Quando Você a Viu pela Última Vez? - Lemony Snicket
272 páginas


"Havia um vilarejo, uma estatueta e também uma pessoa sequestrada. Quando estive no vilarejo, fui contratado para resgatar essa pessoa e pensei que a estatueta havia se perdido para sempre. Eu tinha quase treze anos e estava errado. Sobre tudo. Eu devia ter feito a pergunta: 'Como é que alguém desaparecido pode estar em dois lugares ao mesmo tempo?'. Em vez disso, fiz a pergunta errada - quatro perguntas erradas, mais ou menos. Esta é a história da segunda delas."
 

Depois de encontrar a estátua da Fera Ressonante e perdê-la novamente, Lemony Snicket tem uma nova missão: encontrar Cleo Knight, química brilhante e filha desaparecida da família mais rica de Manchado-pelo-mar, antigos donos da fábrica de tintas.
Após uma breve investigação, a tutora de Snicket, S. Theodora Markson, se convence de que Cleo fugiu com o circo, porém o jovem detetive sabe que há muito mais por trás dessa história. Assim, ele começa a fazer, mais uma vez, as perguntas erradas a fim de desvendar esse novo mistério e encontrar a senhorita Knight.

No segundo volume da série Só Perguntas Erradas, Daniel Handler, que é o verdadeiro nome do autor, nos apresenta mais uma história bem ajustada e divertida, mesmo tendo dosado o tom de ironia que tanto me encantou no primeiro livro.
Com relação aos personagens, achei quase todos melhor desenvolvidos nesse livro. Por exemplo, descobrimos um pouco mais sobre a família de Lemony graças às várias citações que ele faz de sua irmã, que está num túnel, embaixo de um museu, prestes a roubar um objeto de lá. Moxie também tem mais destaque, o que foi merecido porque eu, particularmente, gosto muito mais dela do que de Ellington Feint... Por sinal, Ellington também faz parte dessa história e continua obcecada por encontrar seu pai.
Contudo, vocês devem ter percebido que eu disse que quase todos os personagens foram mais desenvolvidos, e esse quase se deve ao pouco destaque que S. Theodora Markson teve. Sei que sou uma das poucas, mas eu adoro a tutora de Snicket! Acho aquela burrice dela encantadora, afinal, como alguém pode ser tão lesada daquele jeito?! Senti falta de mais cenas com ela nesse livro, o que pra mim foi ruim, mas pra quem não gosta tanto assim da personagem, será uma coisa boa.
A trama do resgate de Cleo é, à primeira vista, mais interessante do que a busca pela Fera Ressonante, porém o desfecho foi um pouco superficial, ficando aquém do apresentado no volume anterior. Por outro lado, a ambientação é muito bem feita. Dá até pra sentir o clima de desolação daqueles cenários, o que é imprescindível na construção de um bom mistério.
 
Depois de dois livros lidos do autor, já posso afirmar que Lemony Snicket é brilhante! Ele escreve de forma inteligente mas sem ser desnecessariamente rebuscado, nos presenteando com uma leitura fluida e despertando em nós a vontade de ler os próximos livros da série. Soma-se a tudo isso a edição belíssima da editora Seguinte, ilustrada e com uma ótima diagramação.
Mal posso esperar para conhecer o próximo caso do jovem Snicket e também para descobrir o que ele realmente foi fazer em Manchado-pelo-mar, porque eu acredito que ele tenha outros propósitos naquele lugar. Me surpreenda, Snicket, que eu vou adorar!
 

4 comentários:

  1. Oi, Michelly.Eu já estava louca pra ler a série antes, imagine agora. Adoro os nomes da série e dos livros, são bem convidativos.
    Adorei a resenha, parabéns.
    Beijos,
    Isabella
    http://agalileu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito dos títulos dessa série!

      Excluir
  2. OI Michelly :)

    Estou louco para ler essa série e assim como você espero ser surpreendido por Snicket. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é bem legal, Gabriel, vc vai gostar! :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...