16.4.14

1001 livros para ler antes de morrer

O livro de hoje é uma das obras mais famosas e bem comentadas do mundo: O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger. Vergonhosamente, ainda não li esse livro, mas tenho muita curiosidade de conhecer essa história que já encantou tantas pessoas. Esse, com certeza, é um livro para ler antes de morrer!


Quotes da obra:
 
"Se querem mesmo ouvir o que aconteceu, a primeira coisa que vão querer saber é onde eu nasci, como passei a porcaria da minha infância, o que meus pais faziam antes que eu nascesse, e toda essa lengalenga tipo David Copperfield, mas, para dizer a verdade, não estou com vontade de falar sobre isso. Em primeiro lugar, esse negócio me chateia e, além disso, meus pais teriam um troço se eu contasse qualquer coisa íntima sobre eles. São um bocado sensíveis a esse tipo de coisa, principalmente meu pai. Não é que eles sejam ruins – não é isso que estou dizendo – mas são sensíveis pra burro. E, afinal de contas, não vou contar toda a droga da minha autobiografia nem nada. Só vou contar esse negócio de doido que me aconteceu no último Natal, pouco antes de sofrer um esgotamento e de me mandarem para aqui, onde estou me recuperando."
 
"E a vida é um jogo, meu filho, a vida é um jogo que se tem de disputar de acordo com as regras."
 
"As pessoas sempre estão pensando que alguma coisa é totalmente verdadeira. Eu nem ligo, mas tem horas que fico chateado quando alguém vem dizer para me comportar como um rapaz da minha idade. Outras vezes, me comporto como se fosse bem mais velho – no duro – mas aí ninguém repara. Ninguém nunca repara em coisa alguma."
 
"De qualquer maneira até que achei bom eles terem inventado a bomba atômica. se houver outra guerra, vou sentar bem em cima da droga da bomba. Vou me apresentar como voluntário para fazer isso, juro por Deus que vou."
 
"As pessoas sempre batem palmas pelas coisas erradas."

"Fico imaginando uma porção de garotinhos brincando de alguma coisa num baita campo de centeio e tudo. Milhares de garotinhos e ninguém por perto - quer dizer, ninguém grande - a não ser eu. E eu fico na beirada de um precipício maluco. Sabe o que que eu tenho de fazer? Tenho que agarrar todo mundo que vai cair no abismo. Quer dizer, se um deles começar a correr sem olhar onde está indo, eu tenho que aparecer de algum canto e agarrar o garoto. Só isso que eu ia fazer o dia todo. Ia ser só o apanhador no campo de centeio e tudo. Sei que é maluquice, mas é a única coisa que eu queria fazer."

4 comentários:

  1. Já ouvi falarem SUPER bem desse livro, mas ainda não tive a chance de ler :(
    Espero poder em breve!

    Beijo
    Mari | Sem Querer me Intrometer

    ResponderExcluir
  2. Sou louca por esse livro!! Pelo enredo em si, por todas as polêmicas envolvidas... enfim, desde quando fiz um post sobre ele no blog, minha curiosidade só aumentou.
    Com certeza é um livro para se ler antes de morrer!!
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou procurar o post lá no seu blog! Fiquei curiosa! hehe

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...