25.7.14

Resenha: The 100 - Os Escolhidos


The 100: Os Escolhidos - Kass Morgan
288 páginas


“- Vocês receberam uma oportunidade sem precedentes de deixar o passado para trás – dizia o Chanceler. - A missão em que vocês estão prestes a embarcar é perigosa, mas sua bravura será recompensada. Se vocês tiverem sucesso, suas infrações serão perdoadas e vocês serão capazes de começar novas vidas na Terra.”

 
Certo dia, assistindo TV, vi a propaganda de uma nova série que me chamou muito a atenção. O nome era The 100 e parecia se tratar de uma distopia cheia de ação e romance. Quando os comentários sobre ela começaram a correr na internet, descobri que seria uma adaptação do livro Os Escolhidos (no Brasil), escrito por Kass Morgan, e, como sempre, decidi ler antes de começar a assistir a série.

A narrativa de The 100: Os escolhidos gira em torno de 4 jovens. Clarke, uma residente de medicina que viu seu mundo ruir com a condenação e morte de seus pais, os quais eram os cientistas mais importantes da Colônia, nave onde vivem depois que um cataclisma acabou com a vida na Terra; Wells, ex-namorado de Clarke e filho do Chanceler da nave; Glass, uma garota de Phoenix (uma espécie de capital da Colônia) que cometeu o erro de se apaixonar pelo waldiano Luke; e Bellamy, um rapaz que sempre teve uma vida conturbada e agora só pensa em proteger sua irmã Octavia.
Na Colônia vigora um sistema penal super rígido, onde qualquer crime é punível com pena de morte. Quando o infrator tem menos de 18 anos, ele fica esperando pelo seu rejulgamento, que acontece no dia em que ele completa a maioridade. Porém, apesar da aparência de justiça desse sistema, todos os confinados acabam sendo sentenciados à morte, de um jeito ou de outro.
O lugar é dividido entre 3 setores: Phoenix (citada acima) é o melhor lugar para se viver, pois lá não há racionamento e seus habitantes têm mais conforto; Walden e Arcadia, que são um tipo de subúrbio da nave, onde os suprimentos são escassos, incluindo a água, que só é liberada por 1 hora a cada semana.
Por motivos que vão sendo revelados ao longo da narrativa, o governo da Colônia decide enviar 100 confinados (quem está esperando para ser julgado) à Terra como cobaias para testar se há condições de sobrevivência por lá. Assim, Clarke, Wells e Bellamy acabam indo para o planeta que um dia foi cheio de vida, enquanto Glass consegue fugir e permanecer na nave, indo logo atrás de Luke. Agora é cada um por si, lutando pela sobrevivência mesmo com todas as circunstâncias desfavoráveis a eles.

Kass narrou a trajetória dos jovens sob o ponto de vista de cada um, meu estilo preferido de divisão de capítulos. Porém, o texto não mostra só o presente, mas também nos dá vislumbres do passado de cada um, e é através desses trechos que muitas coisas vão sendo explicadas.
Achei o timing da autora perfeito, apresentando uma narrativa fluida e descomplicada. Os personagens foram moldados com muito cuidado, pelo que me pareceu, sendo nítido que cada um tem sua personalidade bem definida. Às vezes nem era preciso ler o título do capítulo para saber de quem era o ponto de vista, tamanha a identidade que ela deu à narrativa de cada um.

Porém, a autora pecou na ausência de ação, que foi o que me fez tirar uma corujinha da avaliação do livro. A história é toda muito bem desenvolvida, mas esse primeiro volume soou muito como uma introdução, sendo que pouca coisa, de fato, aconteceu. Os Escolhidos serviu mais para nos apresentar à história, aos personagens e para explicar o caminho que cada um percorreu até chegar ali. Parece que agora é que a história vai deslanchar de verdade, o que, caso relamente aconteça, pode fazer com que essa série seja incrível, no final das contas.
O fato é que, mesmo com a ausência de ação, a autora mostrou a que veio e eu já estou ansiosa para saber o que se passa na Terra com os quase 100 (pois é, teve uma galera aí que já morreu...), e na Colônia com Glass, Luke e o resto da população. Por favor, Kass, não faça minha espera ser muito longa!

10 comentários:

  1. Eu fui conhecer o livro através da série também, inclusive já a assisto, e ela é ótima. Pela sua resenha, a serie parece ser bem fiel ao livro, o qual estou louca pra ler. Achei a história algo bem diferente, de fato bem original, e eu adoro ler distopias. ótima resenha, beijos!

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Nat, eu li The 100 na semana passada, apesar da resenha só ter saído hoje...Mas o fato é que acabei de assistir a série hoje (sou dessas que assiste a temporada inteira em dois dias) e achei muuuuuito diferente! Gostei dos dois. Acho que a série funcionou bem pra tv, assim como o livro funcionou bem enquanto literatura... Só sei que já estou ansiosa pra próxima temporada, que começa em outubro!

      Excluir
  2. Eu adorei a série, mas não sei... Não fiquei com vontade de ler o livro... =/
    Acho que eu leria o livro comparando com a série e isso ia acabar com a graça do livro.
    Enfim, ótima resenha!
    Beijo!
    Eduarda, do Maquiada na Livraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu tivesse assistido a série,acho que não leria o livro,pq saber o que acontece me desanima. Já o contrário, ler antes de assistir, me estimula!

      Excluir
  3. Me disseram que a série é melhor que o livro... Acredita? hahaha agora não sei se leio ou vejo a série :S

    maisumleitor.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada uma é boa no seu estilo... Pelo menos eu achei, né! hehe

      Excluir
  4. Oi Michelly :)

    Eu não me interesso por esse livro, pois acho a premissa mais do mesmo. Eu só leria se ganhasse de presente, caso contrário, não tenho interesse. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes um "mais do mesmo" é bom! kkkkkkk

      Excluir
  5. Olá! Muita gente está falando desse livro ultimamente e também da série, nunca tive contato com nenhum dos dois, mas ambos parecem muito bons, já adicionei a minha wishlist!

    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E são! Mal posso esperar pelo próximo livro e pela próxima temporada!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...