30.7.14

Semana Especial Harry Potter #13

Desde o dia 12 abril, a autora da série Harry Potter, J. K. Rowling, está escrevendo pequenos textos como Gina Potter, a “correspondente de Quadribol do profeta Diário no deserto patagônico”. Neles, ela narra os acontecimentos da 427º Copa Mundial de Quadribol, sendo que já foram publicadas 21 matérias no formato de reportagens do Profeta Diário.

Hoje venho mostrar pra vocês algumas dessas reportagens traduzidas pela equipe do site Pottermore. Por serem muitas, vou transcrever somente a abertura, as que fazem menção ao Brasil e os extras, mas vocês podem conferir o quadro completo aqui.


O Profeta Diário
Esportes – 12 de Maio de 2014

CERIMÔNIA DE ABERTURA DESASTROSA LEVA A PERGUNTAS SOBRE A SEGURANÇA DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.

Nenhuma Goles atirada, nenhum Pomo recuperado, mas a 427ª Copa Mundial de Quadribol já está envolvida em controvérsias. Magizoologistas reuniram-se no deserto para conter a confusão, e curandeiros atenderam mais de 300 pessoas em estado de choque e apresentando ossos quebrados e mordidas. O Conselho Mágico Argentino tem se esquivado das acusações de que a decisão de produzir uma cerimônia de abertura com o tema mascotes foi tola e inconsequente.

Nas semanas que precederam a abertura, um impressionante lago ornamental foi criado no meio do deserto para acomodar o Dukuwaqa (um metamorfo entre tubarão/homem), mascote do time da República de Fiji. Os organizadores declararam que as mascotes que representavam os outros times participantes da primeira semana de partidas fariam parte de uma coreografia, anunciada como ‘uma magnífica exibição da diversidade do mundo magizoológico’.

A cerimônia começou de maneira suave, com gênios fluviais da Costa do Marfim dançando em formação sobre a superfície do lago. Somente quando as mascotes fijianas e norueguesas foram soltas, o desastre começou.

A presidente do Conselho Mágico Argentino, Valentina Vázquez, publicou a seguinte declaração:

‘Estando preparados para a chegada do fijiano Dukuwaqa, fomos pegos de surpresa quando a delegação norueguesa anunciou que eles também precisariam de espaço no lago para uma serpente aquática gigante, a Selma. Nós supusemos que os noruegueses trariam sua usual tropa de trasgos performáticos.

‘Não estamos cientes de nenhum estudo que já tenha sido feito sobre a compatibilidade entre Dukuwaqas e Selmas, então o Conselho Mágico não pode assumir responsabilidade pelas infelizes consequências de colocá-los próximos um do outro.’

Em entrevista exclusiva ao Profeta Diário, o Diretor Consultor Magizoologista Rolf Scamander discordou:

‘O Dukuwaqa vive em um oceano morno, e a Selma em um lago de água congelante. O primeiro é um metamorfo que pode se transformar de peixe em homem, o último é uma serpente que devora carne humana e peixes. Você precisaria ter o cérebro de um Gira-gira para não prever um imediato banho de sangue se ambos fossem espremidos juntos em uma água levemente aquecida e salgada.’

Um banho de sangue foi precisamente o que ocorreu quando os dois monstros foram soltos no lago mágico por tobogãs de cristal gigantes. Tratadores fijianos e noruegueses mergulharam nas águas ferventes para conter suas respectivas mascotes, mas seus esforços foram atrapalhados em grande parte pelos Curupiras do Brasil (pequenos habitantes da floresta de cabelos vermelhos, cujos pés são virados para trás e que defendem outras criaturas que eles sentem estarem ameaçadas pelos seres humanos). Evidentemente acreditando que os tratadores queriam machucar o Dukuwaqa e a Selma, os Curupiras atacaram.

Com o pânico tomando conta do estádio e sangue agora correndo livremente das veias de humanos e criaturas, talvez seja compreensível que as mascotes nigerianas, os Sasabonsams (criaturas vampirescas, com as pernas como piões) tenham enlouquecido. Enquanto eles giravam descontroladamente entre a multidão e os organizadores, o rumor que o time haitiano havia trazido Inferi como mascotes se provou verdadeiro. A multidão se pisoteava enquanto os Inferi se moviam livremente pelo estádio, tentando capturar e devorar qualquer um que tropeçasse.

Regulamentações sobre o tamanho e a natureza das mascotes tem sido motivo de debate entre os níveis mais altos do CICMQ há um longo tempo. Uma moção para restringir as mascotes a criaturas ‘herbívoras, menores que uma vaca e que não cuspam fogo’ foi derrotada por uma esmagadora maioria em 1995. Torcedores de Quadribol pelo mundo se opuseram a qualquer interferência sobre o que eles enxergam como uma parte tradicional e colorida da Copa do Mundo.

Contudo, muitos acreditam que a competição entre os times para trazer a mascote mais intimidante passou dos limites. O gerente do time norueguês Arnulf Moe defendeu sua decisão de trazer a Selma, que ele disse representar a ‘determinação de aço e a ferocidade dos jogadores noruegueses’, e alegou que o Dukuwaqa mordeu primeiro.

Um público recorde foi transportado por 10.000 chaves de portal ao coração do deserto da Patagônia para o fim de semana de abertura do torneio, e enquanto o Conselho Argentino foi amplamente elogiado pela impecável organização do transporte, o número recorde de ferimentos sofridos antes que o primeiro apito soasse foi certamente um vexame para os organizadores.

O primeiro jogo do torneio acontecerá amanhã: Noruega VS. Costa do Marfim.


O Profeta Diário
Esportes – 15 de Maio de 2014

BRASIL VS. HAITI

Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.

Brasil 100 – Haiti desqualificado (90 + captura ilegal do pomo)

Uma das regras mais antigas do Quadribol foi violada na partida do Haiti contra o Brasil, resultando na primeira desqualificação do torneio.
A goleira haitiana Lenelle Paraison (uma de apenas três goleiras voando nesse torneio) foi forçada a justificar sua escalação de novo e de novo durante as horas iniciais do jogo enquanto os artilheiros brasileiros Diaz, Alonso e Flores fizeram nada menos do que trinta ataques aos arcos. Que eles marcaram apenas dez gols é prova da agilidade e coragem de Paraison. Seu nariz foi quebrado duas vezes durante os primeiros sessenta minutos, uma vez por um feroz Balaço jogado erroneamente por seu próprio colega de time, o batedor Jean-Baptiste Bloncourt.
No outro lado do campo, o artilheiro estrela do Haiti, Clairvius Hyppolite, foi responsável por 80 dos 90 pontos marcados. Apesar da estreita liderança do Brasil na quarta hora, muitos sentiam que o lado haitiano estava se saindo melhor do que o brasileiro, quando Bloncourt cometeu seu segundo erro devastador. O apanhador haitiano Seeker Sylvian Jolicoeur estava há centímetros de capturar o Pomo quando foi acertado por outro Balaço mal mirado de Bloncourt e desmaiou. O Pomo então voou dentro da manga Bloncourt, um raro mas não desconhecido acidente. ‘Apenas o apanhador pode pegar o pomo e se qualquer outro jogador o fizer a punição será a derrota de seu time’ é um princípio martelado em qualquer aluno ou aluna que joga Quadribol, mas Bloncourt pareceu ter perdido a cabeça a esse ponto, tirando o Pomo de suas vestes e segurando-o triunfantemente, como se esse ato compensaria os erros que cometera. Haiti foi instantaneamente desqualificado.
O apanhador haitiano Jolicoeur está se recuperando bem. O batedor está no momento se escondendo em algum lugar não divulgado.
Brasil enfrentará o vencedor da partida entre País de Gales e Alemanha.

O Profeta Diário
 Esportes – 04 de Junho de 2014

BRASIL VERSUS PAÍS DE GALES

Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.

Brasil 460 – País de Gales 300

A primeira quarta de final do torneio provou ser o jogo mais controverso até agora, um que começou com animosidade e terminou numa briga que fez a técnica do País de Gales, Guga Jones, ser retirada do campo por seus próprios batedores.
A rixa Brasil-País de Gales começou no início da competição, quando o treinador brasileiro José Barboza alegadamente chamou os artilheiros do País de Gales de ‘bruxos sem talento’ após alguns drinks com a veterana jornalista sem papas na língua, Rita Skeeter. Apesar de ter insistido que foi apenas uma brincadeira, isso não fez nada para diminuir a ira da treinadora galesa Guga Jones, que ameaçou azarar “sua cara fora”. A despeito da proibição da CICQB de ‘conversa fiada de treinadores’ – que muitos acreditam que tenha sido criada com Guga em mente – Jones não desperdiçou oportunidades de desmerecer e insultar os brasileiros desde que descobriu que sua equipe os enfrentaria nas quartas de final. Ela foi até impedida de entrar no estádio usando uma camiseta onde se lia ‘DEVERIA TER SIDO O HAITI’ (Brasil passou para as quartas de final quando o oponente Haiti foi desclassificado), portanto perdeu os primeiros dez minutos da partida, que foram notáveis pela ferocidade das jogadas e por três faltas brutais.
Os artilheiros brasileiros Diaz, Alonso e Flores tiveram um sólido desempenho e deviam ser elogiados por manter a cabeça no lugar enquanto todo mundo estava perdendo a sua – no caso do goleiro Raul Almeida, quase literalmente. A crueldade do balaço jogado em sua direção pelo batedor galês Iefan Rice (a goles estava do outro lado do campo na ocasião) garantiu um pênalti ao Brasil e indiscutivelmente deveria ter resultado na expulsão de Rice.
Todavia, o País de Gales não estava limitado à faltas. Poucos discordarão que a artilheira galesa Jackie Jernigan marcou um dos gols mais belos da competição de uma distância de quase 46 metros, enquanto é estimado que o batedor Darren Floyd impediu sozinho ao menos 170 pontos do Brasil.
As chances do País de Gales foram finalmente destruídas por uma deslumbrante captura de pomo do apanhador brasileiro Tony Silva, que realizou um mergulho espetacular no 131º minuto da partida para garantir a vitória por deixa do nariz de seu oponente Eurig Cadwallader.
Guga Jones está sob custódia essa noite por, no meio de um estádio lotado, ter tentado cumprir sua promessa de azarar a cara de Barbosa. Cuidadores reportam que a pele de Barbosa praticamente já cresceu de novo, e ele parece estar em ótimo espírito. Brasil enfrentará nas semifinais o vencedor da partida entre Listenstaine e EUA.

O Profeta Diário
 Esportes – 08 de Junho de 2014
 
NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.
Animados torcedores estadunidenses celebrando o histórico triunfo de seu time nas quartas de final sequestraram Hans, a mascote da Listenstaine. Hans, um grande e sombrio agoureiro (uma ave que prevê chuvas e parece um urubu), ganhou um grande número de fãs durante o torneio. O técnico da Listenstaine, Ferdinand Jägendorf, lançou a seguinte declaração: “Das finden wir nicht lustig (‘não vemos graça nisso’)”.

O Profeta Diário
Esportes – 09 de Junho de 2014

RETORNO DE HANS, O AGOUREIRO
Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.
A mascote de Listenstaine está hoje de volta a seu curral customizado, mas não antes das negociações para seu resgate terem chegado a um nível alto. Fontes de alto nível podem confirmar que o Ministro da Magia de Listenstaine e o Presidente da CMEUA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) trocaram concisas cartas acerca da localização de Hans, que foi sequestrados por entusiasmados torcedores dos EUA após sua vitória contra Listenstaine nas quartas de final.
“Nós estamos felizes em declarar que essa pegadinha terminou de forma amigável e harmoniosa,” anunciou o presidente Samuel G. Quahog, “e acreditem que Hans não sofreu nenhum dano em sua pequena aventura.”
“Estamos muito contentes que os estadunidenses devolveram nossa amada mascote,” disse o ministro Otto Obermeier. “Magizoologistas estão no momento mantendo Hans sob severa observação em busca de enfermidades. Se alguma for descoberta nós com certeza vamos pressionar a CICQB para a desqualificação imediata dos EUA da Copa do Mundo.”
Um atormentado oficial da CICQB respondeu: “Olha, ontem à noite tivemos que fazer Feitiços de Memória em 2000 trouxas vivendo na borda do deserto após as comemorações dos estadunidenses, e nem me deixe começar a falar sobre os aviões. Não vou falar para os estadunidenses que eles estão indo para casa. Não vou. Só alimente a ave com algumas fadas e me deixe em paz.” 
O Profeta Diário
Esportes – 04 de Julho de 2014

EUA VS. BRASIL
Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.
 
EUA 120 – Brasil 100
 
Pela segunda vez neste torneio, parece que um jogo durará a noite toda – e além disso, provavelmente.
Se uma palavra resume essa semifinal até agora, ela é: nervos. Erros por falta de cuidado rechearam a partida, sem dúvida porque um lugar na final significaria muito para ambos os lados. Os EUA já chegaram mais longe na competição do que em todas as suas tentativas anteriores, e 2014 marcará sua emersão como uma superpotência no esporte. Enquanto isso, o Brasil, anteriormente uma grande equipe que se perdeu nos últimos anos, está lutando por sua primeira final desde 1982. As apostas estão altas e talvez não seja surpresa por que os jogadores estão mostrando sinais de nervosismo.
Nós temos visto mais derrubadas de goles do que em qualquer outro jogo, com a artilheira estadunidense Mercy Wardwell tão frustrada por sua quinta perda que bateu sua cabeça repetidamente contra o cabo de sua vassoura até ser contida pelo apanhador Darius Smackhammer. No entanto, Wardwell não estava sozinha: até Fernando Diaz e Alejandra Alonso, dois dos melhores do Brasil, acabaram deixando a goles escorregar de seus dedos duas vezes cada.
Vários balaços mal mirados acertaram os próprios companheiros dos batedores. Quando Lucas Picquery mandou o balaço na cara da goleira Susan Blancheflower na quarta hora do jogo, ela arriscou mais dano ao tentar pular na vassoura de Picquery para queixar-se com ele. Advertida pelo árbitro, Blancheflower foi a próxima a cometer um erro elementar quando se distanciou muito dos aros de gol, permitindo que Alonso passasse e marcasse um gol que deixou o Brasil dez pontos à frente, mas não por muito tempo. Quentin Kowalski marcou duas vezes enquanto a noite caia, dando aos EUA uma liderança apertada, mas este ainda é um jogo de ninguém enquanto a escuridão aumenta. 

O Profeta Diário
Esportes – 05 de Julho de 2014

EUA VS. BRASIL
Da correspondente de Quadribol do Profeta Diário no deserto patagônico, Gina Potter.
 
Brasil 420 – EUA 310
Enquanto o sol nascia na Patagônia, duas cansadas porém determinadas equipes pareciam mais focadas e disciplinadas após uma noite esgotante. Aqui vimos a razão das duas terem passado para as semifinais. Dinâmicas jogadas de goles entre dois emocionantes trios de artilheiros poderia ter pendido o jogo para qualquer um dos lados, mas o goleiro brasileiro Raul Almeida fez toda a diferença, repetidamente repelindo investidas estadunidenses aos aros.
Darius Smackhammer localizou o pomo na vigésima hora da partida, mas um par de balaços precisamente lançados, cortesia dos batedores brasileiros Santos e Clodoaldo, tiraram-no do curso. A torcida ascendeu como uma enquanto Smackhammer e o apanhador brasileiro Silva disputavam uma corrida, ambos deslizando até o punho de suas vassouras. Enquanto o par espiralava em direção ao chão, era inicialmente difícil ver quem havia triunfado – a arrancada subsequente de Silva até o quadro de placar poderia ter sido suicida ou triunfante – mas foi rapidamente aparente que o Brasil ganhara.
Uma semifinal épica terminou de forma eletrizante. Brasil enfrentará Bulgária ou Japão na final, enquanto os EUA jogará contra o perdedor para decidir o terceiro lugar.

.
A final foi narrada ao vivo pelo site Potterish, revesando entre os comentários de Gina Potter e Rita Skeeter. Como o texto é muito grande pra ser transcrito, vou deixar o link da postagem original para quem quiser saber o resultado.

Um comentário:

  1. Brasil pras Quartas por sorte de um não-apanhador capturar o pomo! Sorte.

    Caramba! Tony capturou o pomo! E, pelo amor, Rita - ninguém deve acreditar nela.

    Cataram o Hans! KKKKKKK

    Pena que Bulgaria ganhou :(

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/ - El Costa

    Quanto mais lemos, mais queremos ler.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...