15.12.14

Tag e Selinho #59

Taylor Swift Book Tag é uma tag que está rodando por todos os blogs e só por isso vou responder - sou dessas -, pois confesso que não conheço uma música inteira da cantora, apesar de achar os pedaços das que conheço bem legais. A tag consiste em escolher livros que se encaixem nos títulos de algumas canções da Taylor, e eu peguei o nome das músicas no blog Perdida na Utopia.


1. We Are Never Ever Getting Back Together – escolha um livro ou série que você estava amando, mas que depois você decidiu que queria “terminar” com ela.
Eu ia falar sobre Delírio, mas minha decepção com essa trilogia foi acontecendo aos poucos... Amei o primeiro livro, já não fiquei super satisfeita com o segundo e detestei o terceiro. Já com Divergente, era um caso de amor sem fronteiras até o segundo livro, mas aí veio o terceiro e eu terminei definitivamente com Veronica Roth. Jamais vou perdoá-la por aquele final, e pra vocês terem noção da minha raiva, não li, nem vou ler o livro do Quatro, porque tenho certeza que ela não sabe escrever sob o ponto de vista de outros personagens e vai parecer que é a Tris narrando, igual foi com Convergente.

2. Red – escolha um livro com a capa vermelha.
O livro de capa vermelha que eu tenho e já li e que mais gostei até hoje foi Sombras Vivas, segundo volume da série Reckless, escrita por Cornelia Funke. O primeiro é bom, mas não é tão bom quanto o segundo, mas eu acho que vale a pena vocês lerem o primeiro, só pra chegar ao segundo! Agora quero logo a continuação!

3. The Best Day – escolha um livro que faça você se sentir nostálgica (o).
Harry Potter me trouxe tanta coisa boa, inclusive sensações durante a leitura, que me faz sentir nostálgica. Quando releio algum livro, me lembro exatamente como foi incrível ir descobrindo os mistérios e como era angustiante (mas uma angústia boa) esperar pelo próximo volume. HP ainda serviu para reacender meu gosto pela leitura, que andava meio baixo na época. Só coisa boa!

4. Love Story – escolha um livro com uma história de amor proibida.
Em Mentirosos, a história de amor entre Cadence e Gat, além de ser condenada pelos Sinclair (que não admitem a mistura de raças e de condições sociais) passa por outro probleminha que torna essa união impossível. Se você já leu o livro, sabe qual é o probleminha, se não leu, não serei eu a te dar spoiler desse livro incrível.

5. I Knew You Were Trouble – escolha um livro com um personagem mau, mas que apesar disso, você não conseguiu resistir e se apaixonou (ou gostou muito) dele.
O Smeagle é bom, o Gollum, mau. Mas é impossível separar os dois, visto que vivem na mesma pessoa, como uma dupla personalidade. E por mais sacana que Gollum seja, não consigo não gostar dele, pois suas cenas são ricas e engraçadas e no final das contas, ele tem um papel ainda mais importante do que imaginávamos. Portanto, Smeagle/Gollum não só é um personagem mau por quem me apaixonei, como também é um dos meus personagens preferidos no mundo.

6. Innocent (written b/c of Kanye West!) – escolha um livro que alguém estragou o final para você (spoiler!).
Eu ainda nem li Estilhaça-me e já sei com quem Juliette fica. Quer spoiler maior que esse? Até desanima, viu...

7. Everything Has Changed – escolha um livro em que o personagem se desenvolve bastante.
O personagem mais bem desenvolvido da minha história na literatura, foi Kvothe. Inclusive eu falei isso na resenha de O Nome do Vento. Kvothe não chega pronto, ele vai sendo construído na nossa frente, passo a passo, e é lindo de se ver. E além de acompanharmos sua construção, ele também amadurece durante os dois livros, que, aliás, são gigantes e têm bastante espaço para que tudo, inclusive os personagens, seja bem desenvolvido.

8. You Belong With Me – um livro que você está ansiosa (o) para que seja lançado e que você possa ler.
Tem vários, mas minha maior ansiedade é por Os Ventos do Inverno, sexto volume de As Crônicas de Gelo e Fogo. E o que mais me irrita é que, ao invés de Martin terminar logo o livro, ele fica editando coletâneas e escrevendo contos!

9. Forever and Always – escolha o seu casal literário favorito.
Tris e Tobias ou Hazel e Gus? Dúvida cruel, viu... Mas acho que fico com Hazel e Gus, que nunca entraram numa fossa, mesmo tendo todos os motivos pra isso, e fizeram com que seu infinito, mesmo sendo menor do que de outras pessoas, fosse inesquecível.

10. Come Back, Be Here – escolha um livro que você não gosta de emprestar por medo de nunca mais voltar.
Todos! Simples assim. 

6 comentários:

  1. Olá Michelly,
    Adorei as suas respostas. Sou apaixonada pela Taylor Swift, posso responder?
    Estou cada vez mais desanimada de ler Divergente :(
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que pode, Bruna! :) Divergente e Insurgente são ótimos, o que estragou foi o final... Mas talvez vc goste! Vai saber... hehe

      Excluir
  2. curti tuuuudo!

    logo na sua primeira resposta, fiquei um tanto quanto ansioso pra ler "réquiem" que tenho desde pré-venda e nunca nem abri o livro. quanto as outras respostas, uma que tenho que comentar é do emprestar, sabe que estou conseguindo emprestar meus livros agora! até o meu preferido "As vantagens de ser invisível" eu emprestei! aliás, tenho três livros emprestados (meu coração começou a doer)

    gabryel fellipe

    ResponderExcluir
  3. Oi Milly,
    Adorei suas respostas (mesmo achando a TAG em si um nhé sem tamanho), e realmente, o Kvothe cresce muito no decorrer do livro...

    Grand abraço!!!

    Leitor Antissocial

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...