12.3.15

Eu Sou Fantástico: Mula sem cabeça

O Eu Sou Fantástico de hoje volta sua atenção para o Brasil e apresenta uma criatura típica de nosso folclore: a Mula sem cabeça.


Contam as lendas que, ao se envolver amorosamente com um padre, a mulher é amaldiçoada e se transforma num animal forte e galopante, com o aspecto de uma mula, porém sem a cabeça. Tal animal lança chamas pelo buraco onde deveria estar a cabeça, seu galope é violento, como se suas patas fossem de ferro, e seu relincho é alto o bastante para ser ouvido ao longe. Às vezes, a Mula sem cabeça apresenta um soluço choroso como o de um ser humano.

A maldição termina quando o freio de ferro que a Mula carrega no pescoço lhe é retirado. Aí, então, a mulher reaparecerá despida e chorando de arrependimento. Outra forma de acabar com a maldição é espetando o animal até começar a pingar sangue, porém existem algumas particularidades com relação à isso. Em algumas regiões, basta que se espete a Mula com qualquer objeto, em outras é necessário que o sangue seja retirado com uma madeira que nunca foi usada.


Contudo, como essa lenda vem do catolicismo a fim de pregar o conservadorismo, existem outras vertentes dela. Numa delas, dizem que a mulher se transforma nesse ser ao perder a virgindade antes do casamento. Outra versão, bem mais sombria, conta que a criatura surgiu quando, num determinado reino, a rainha costumava ir secretamente ao cemitério no período da noite. Certa vez o rei resolveu segui-la para ver o que estava acontecendo, e ao chegar ao cemitério deparou-se com a esposa comendo o cadáver de uma criança. Assustado, soltou um grito horrível. A rainha, ao perceber que o marido descobrira seu segredo, transformou-se numa Mula sem cabeça e saiu galopando em direção à mata, nunca mais retornando para a corte.

Essa criatura fantástica também é conhecida como Burrinha de Padre ou apenas Burrinha.


A lenda da Mula sem cabeça permeia nossas histórias desde a infância, portanto duvido muito que algum brasileiro não tenha pelo menos a mínima familiaridade com essa criatura. Mesmo assim, algumas das informações passadas foram surpresas pra mim, como as duas outras versões sobre a origem do animal, por exemplo.

Espero que vocês também tenham sido surpreendidos e que me ajudem dando sugestões para os próximos Eu Sou Fantástico. Conto com vocês e até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...