13.7.15

Batalha de capas: O Lado Bom da Vida

Hoje a Batalha de Capas é com um super sucesso, tanto na literatura quanto no cinema. Escrito por Matthew Quick, O Lado Bom da Vida fala dos encontros e desencontros do casal Pat Peoples e Nikki. Encontrei poucas capas, já que a maioria é igual à brasileira, mas espero que vocês gostem mesmo assim. :)

Brasil e EUA (as duas últimas)

Acho a capa brasileira muito charmosa, inclusive pelo contraste do preto e branco com o amarelo, porém ela combina mais com o filme do que com o livro. Particularmente, não gosto quando os atores da adaptação estampam as capas dos livros adaptados, pois isso não individualiza as duas obras. Sendo assim, mesmo reconhecendo a beleza da capa brasileira, minha preferida é a do meio, que é americana e muito fofa!

O que vocês acham?

12 comentários:

  1. Oi!
    Por enquanto eu só assisti ao filme... Gostei bastante, então estou com receio de ler rs
    também não gosto muito de capas com os atores das adaptações, a do meio é bem bonita mesmo!
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu assistir o filme, aí que não leio o livro mesmo! hehe

      Excluir
  2. Não sou muito fã de capas com rostos de pessoas, principalmente quando usam os atores do filme porque corta um pouco da nossa capacidade de imaginar os rostos dos personagens do nosso próprio jeito. Concordo com você, mesmo achando a brasileira bonita, a do meio é minha preferida. E ela tem muito a ver com o que se passa no livro de uma forma bem discreta.

    Beijos,
    umlugarsoparanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Michelly,

    Concordo com vc, a capa brasileira tem mais informação do filme do que do próprio livro... Não curti... Gostei mais daquela do meio, ficou linda!!

    Bjs!
    CarinaPilar.com | ...e a paixão pelos livros!

    ResponderExcluir
  4. Concordo contigo Milly,
    A do meio é a mais bonita e apesar de também não gostar de livros com capas de filme tem uns que me agradam, esse é um deles, juntamente com As Vantagens de Ser Invisível, Saco de Ossos e A Hospedeira (porque acho a capa original, desse último, horrível)
    Esse negócio de não individualizar as obras, livro e filme, é um problema principalmente para o livro em questão, tanto o filme quanto o livro são muito bons mas não têm muito em comum.

    Você já fez a do Caixa de Pássaros?

    Grande abraço pra ti!

    Leitor Antissocial (Adivinha quem está completando dois aninhos hoje!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto da capa original de A Hospedeira, Rudi! hehe... Sobre diferenciar as capas, as vezes tenho a impressão de que os produtores querem que a gente ligue o filme ao livro pra dar bilheteria, mas ao mesmo tempo quer que a gente entenda que são obras diferentes e que a adaptação pode fugir completamente da história do livro que não tem problema... :/ Ainda não fiz batalha de Caixa de Pássaros, mas vou procurar pra fazer! Obrigada pela dica! ;)

      Excluir
  5. Todas são bonitas, mas prefiro a brasileira! Eu não tenho esse problema com capas dos cartazes dos filmes, eu não gosto quando mostra o rosto de pessoas que nem são os atores do filme, aí acho meio estranho!

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro desenho às pessoas reais,sejam atores ou não. Mas confesso que algumas com gente de verdade fogem à regra... :)

      Excluir
  6. Acho que essa é a única capa de cinema que eu prefiro kkkkk'
    maisumleitor.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é bonita mesmo, mas eu ainda prefiro se não for a mesma capa do filme...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...