18.8.15

Autor parceiro: Luiz Henrique Mazzaron

É com muita alegria que venho  contar pra vocês que o Luiz Henrique Mazzaron, autor de Máscara, é o mais novo parceiro do Mais Uma Página!


Luiz Henrique Simão Mazzaron é um estudante nascido em São Bernardo do Campo que viveu toda sua vida em Santo André, no estado de São Paulo. Quando, durante o Ensino Fundamental, passou por momentos difíceis, encontrou seu refúgio nos livros, sobretudo nas histórias policiais e de suspense. Fã da literatura estrangeira, acabou por usá-la como base para seu primeiro livro, o qual recebeu o título de Máscara.






Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus. Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana...Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza? 






Conheça melhor o trabalho do autor na entrevista a seguir.

Fale um pouco de você para os leitores.
Bem, tenho 20 anos, sou estudante e pretendo me graduar em Engenharia Biomédica. Sou mega viciado em videogames, livros e filmes/séries de todos os tipos, mas meus favoritos são os do gênero terror e fantasia. No momento, meus hobbies são dormir e estudar rsrs

O que te inspirou a começar a escrever?
A vontade de começar a escrever algo elaborado veio no colegial. Eu ia muito bem nas aulas de redação e minha professora me incentivava muito. E, após ler E Não Sobrou Nenhum, da Agatha Christie, criei finalmente a coragem que precisava para ousar a criar uma história de verdade e que não fosse limitada a duas ou três páginas. Comecei a escrever o que era para ser um livro policial com toques sobrenaturais, mas descartei a ideia (quem sabe no futuro eu não a retome!). Pouco tempo depois nasceu Máscara.

De onde veio a ideia para Máscara? Conte-nos um pouco sobre do que se trata o livro.
Máscara conta a história de Liam, um garoto que é perseguido desde a infância por uma criatura mascarada que está disposta a tudo para capturá-lo. No decorrer das páginas, acompanhamos Liam até sua adolescência, que é onde o derradeiro encontro entre ele e o ser mascarado acontece. A criatura, que possui um fascínio por jogos e pela maldade humana, o leva ao mundo surreal Domus, onde ele será “convidado” a jogar com outras pessoas com passados sórdidos enquanto busca entender o motivo de tudo aquilo e porque ele é tão especial assim. Se eu contar mais, vou acabar soltando spoilers rs
A ideia para Máscara veio de toda a “experiência” que acabei adquirindo depois de assistir, ler e jogar dezenas de coisas do gênero terror. Se pudesse destacar as inspirações, escolheria Jogos Mortais, Resident Evil e Silent Hill como pilares para a criação da trama.

Você teve dificuldades para publicá-lo? Como foi esse processo?
Tive sim. Após terminado o livro, pensei: “e agora?”. Realmente não sabia o que fazer, e, após pesquisar um pouco, fiquei desanimado com a dificuldade em encontrar uma editora que de fato avaliasse originais. Como não tinha absolutamente nenhum conhecimento sobre o meio, não pensei em publicar por conta ou por plataformas digitais, e acabei mandando para várias. Após um certo tempo recebi a tão esperada aprovação da minha obra na Editora Novo Século. E cá estou!

Há alguma previsão para a continuação de Máscara?
Infelizmente não, para tristeza minha e dos leitores que curtiram o primeiro volume. A continuação já está pronta há muito tempo, mas se encontra no limbo no momento, só esperando a hora dela...

Seu novo projeto é uma trilogia chamada As Lendas de Illusa. Fale-nos um pouco sobre essa história.
Vou lançar O Sol Perdido, primeiro volume da Trilogia As Lendas de Illusa, pela Editora Arwen! Trata-se de uma ficção fantástica, completamente diferente do “irmão mais velho” Máscara rs Nele os leitores encontrarão magia, castelos, princesas e até dragões, além de muita aventura e um romance proibido! Digo que esse livro é minha menina dos olhos, pois foi o qual me dediquei mais para criar e me diverti muito com o desenrolar da trama!

O primeiro volume, O Sol Perdido, já tem data de lançamento?
Ainda não há previsão, mas se eu pudesse chutar, diria que até o fim do ano ele já seja lançado, ou, no máximo, até início de 2016.

Quais autores te inspiram?
Acho impossível não citar J. K. Rowling como uma grande inspiração; afinal, cresci assistindo Harry Potter! Outras grande inspirações também são Agatha Christie e Justin Cronin. E, nessa minha nova fase, Stephen King e George R.R. Martin me inspiraram muito.

Quais obras, além das suas, você indica para os leitores do blog?
Acho que a lista completa ficaria gigante para colocar aqui rsrs Mas para citar alguns livros de colegas meus, indico Uma Canção para a Libélula, da Juliana Daglio; O Senhor da Luz, da Graciele Ruiz; Pluvia, da Erica Azevedo; O Encantador de Flechas, do Renan Carvalho; Um Novo Amanhecer, da Cinthia Freire; Se Arrependimento Matasse, do Alma Cervantes...

Deixe uma mensagem para quem deseja, um dia, se tornar escritor.
Acho que o melhor conselho que posso deixar para quem deseja ser escritor é: NUNCA DESISTA. Ser escritor é saber conviver com coisas boas e outras nem tanto. São muitas as dificuldades, tanto para iniciantes como para veteranos, mas se escrever é sua paixão e você souber ser perseverante, todas as pedras no caminho acabam se tornando diamantes. Mesmo complicado, ser escritor é incrivelmente recompensador. Ver a primeira resenha positiva, receber seu primeiro “parabéns” de um leitor, ter seu primeiro livro –a concretização de um sonho– nas mãos... Essas coisas não têm preço.
 
Adicione Máscara na sua estante do Skoob
Conheça a página do livro no Facebook
Conheça a nova trilogia do autor

6 comentários:

  1. Michelly, parabéns pela parceria, que seja muito frutífera para ambas as partes.
    Ainda não li Máscara, mas uma vez fui num evento em que o Luiz estava e eu nem sabia que era ele! Depois, vendo as fotos é que fui saber.
    A entrevista ficou ótima. Deu para conhecermos um pouco mais do autor e saber seus planos para o futuro.

    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da entrevista! Recebi o livro ontem e já estou super ansiosa pra começar!

      Excluir
  2. Fiquei encantada! Mais ainda quando descobri que uma das inspirações para o Luiz Henrique escrever Máscara foi Jogos Mortais. Estou super ansiosa para saber o que acontece no livro todo e, obviamente, a obra já entrou para a lista dos desejados. E nem preciso comentar o quão ansiosa estou para o lançamento do primeiro volume da trilogia As Lendas de Illusa. Sensacional, apenas. Já tinha ouvido/lido o nome do autor diversas vezes internet afora, porém nunca havia procurado por algo realmente concreto sobre ele e sobre seu trabalho. Agora estou completamente arrependida por não ter feito isso antes, haha. Enfim, muito sucesso e muuuitos livros publicados e reconhecidos para ele, porque certamente o merecimento é enorme. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que essa ligação com Jogos Mortais também foi o que mais me chamou a atenção?!

      Excluir
  3. Olá, Michelly!
    Adoro conhecer autores brasileiros!
    Parece ser um livro bem interessante, vou procurar essa nova trilogia também.
    Ótima entrevista!
    Beijos!
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valorizar nossos autores é muito importante, né, Tati?!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...