21.8.15

Resenha: A Sala dos Répteis


A Sala dos Répteis - Lemony Snicket
184 páginas


"Esta é minha faca. Ela é muito afiada e muito apta a te machucar."


Depois de escaparem das armações de Conde Olaf no final de Mau Começo, os órfãos Baudelaire acreditam que terão sossego indo morar com tio Monty, um divertido especialista em répteis.
Logo na chegada eles já se adaptam no novo lar. Tio Monty é muito mais do que esperavam e agora cada um tem algo para ocupar o tempo. Porém, é óbvio que Olaf não iria desistir da fortuna dos Baudelaire assim tão fácil, e eis que o vilão coloca em prática um novo plano para destruí-los. Só nos resta saber se, dessa vez, ele terá sucesso...

O que tenho achado mais curioso nessa série é que, apesar de ser nitidamente uma história para crianças, ela possui elementos bem adultos, como por exemplo a morte, sem dó, de alguns personagens bastante relevantes. Os maus tratos aos Baudelaire também não são o que eu chamaria de histórias para crianças. Enfim, Snicket é peculiar e traz essa característica também para seus textos.
Pra mim, a leitura de Desventuras em Série já valeria mesmo que fosse só para que os leitores tivessem contato com um estilo diferente de narrativa, o qual nos obriga a estimular o pensamento crítico. A ironia presente em cada linha é estimulante, e o autor não perde tempo explicando os pormenores de seu texto, ou seja, ele confia na inteligência de seu leitor.
Além disso, a narrativa flui muito bem e os personagens são amáveis e odiáveis na medida certa. Como esse volume é pequeno, não chega às 200 páginas, dá pra ler rapidinho, o que também serve de estímulo para os leitores que não dispõem de muito tempo ou que simplesmente preferem leituras mais rápidas mesmo.

No que diz respeito à algo negativo, na minha visão, está o fato de que acho que as cenas às vezes não são tão bem aproveitadas como deveriam. Justamente por ser um livro curto, já prevemos que o assunto não será longamente desenvolvido, mas, pro meu gosto, seria mais interessante se algumas cenas fossem mais detalhadas.
A insistência de alguns personagens em não enxergar o que está na frente do nariz, mesmo depois de ter provas de que os Baudelaire são espertos e confiáveis, também me irrita um pouco, mas aí já não posso considerar como um defeito. Afinal de contas, um autor que consegue despertar qualquer tipo de emoção em seus leitores, deve ser comemorado e não criticado.

2 comentários:

  1. Um dos meus sonhos de consumo é aquele box gigantesco com os 13 (se não me engano) livros da série. Nunca li nada, mas gosto muito do filme e sei que faltou muuuuuuita coisa lá!
    Eu acho essas artes das capas simplesmente magníficas!
    Lemony Snicket vai entrar na minha wishlist com toda a certeza!

    Beijos!
    www.bravuraliterariablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho esse box, me dei de presente de aniversário, e ele é tããão lindo! hehe

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...