28.8.15

Resenha: Jardim dos Corais


Jardim dos Corais
Livro de colorir
96 páginas


Existem livros que não nos permitem fazer uma resenha clássica, visto que não há narrativa a ser analisada, já que são compostos não de textos, mas sim de atividades. Muitas vezes esse tipo de obra é alvo de críticas de pessoas que acham que os únicos livros que prestam são aqueles que trazem uma história, sem necessariamente ter figuras e de preferência que tenham sido escritos por grandes nomes, que vão de Machado de Assis à Franz Kafka. Pois eu penso diferente. Pra mim, livro bom é aquele que te prende, seja com uma história incrível ou fazendo com que você esqueça da hora respondendo atividades ou colorindo. E é justamente isso o que Jardim dos Corais faz por você!

Esse foi meu primeiro livro de colorir para adultos, portanto foi o responsável por reacender a chama do meu amor por desenho e pintura, há algum tempo apagada. Meu pai é um artista nato que, apesar de não trabalhar com isso, desenha e pinta muito bem. Assim eu cresci em meio a tintas e lápis de cor, e modéstia a parte, até que levo jeito pra coisa. Acho que desenho melhor do que pinto, mas tá valendo.

Dito isso, garanto pra vocês que esse livro não só representou uma visita deliciosa à minha infância como também foi uma incrível fonte de distração! A obra é super caprichada, com páginas amareladas, ideais pra colorir, além de desenhos cheios de detalhes e de muito bom gosto. Tudo o que imaginamos do fundo do mar está representado nesse livro, sendo que até as curvas dos desenhos nos remetem ao ambiente proposto.


Mas o livro não começa logo com os desenhos. Antes disso há um texto muito instrutivo,escrito por Cristina Almeida, sobre quais foram os motivos que levaram os organizadores a escolher o fundo do mar como tema. Ela discorre um pouco sobre as características e o misticismo dos corais, mostrando como essas belezas naturais deram origem a várias crenças. Depois, com muita competência, ela liga o tema "corais" com o tema "água", falando brevemente sobre o problema atual de escassez desse recurso e sobre sua utilização através dos tempos.

E como esse é um livro de colorir, ela não poderia deixar de citar questões mais voltadas para a pintura. Assim, Cristina nos mostra a importância das cores, o que cada uma delas representa e o resultado da combinação de duas ou mais delas. Pelo que percebi essa parte do texto está muito ligada ao estudo da cromoterapia, o que particularmente me interessa muito, por isso achei a parte mais legal. Descobri, por exemplo, que rosa e branco, minhas cores preferidas, trazem calor, afeto e podem ser relaxantes, enquanto o rosa mais quente torna as pessoas mais ativas e desejosas de progresso.

Ficou curioso sobre o que sua cor preferida representa? Jardim dos Corais tá aí pra responder essa questão.


Enfim, eu poderia ficar falando mais um tempão sobre esse livro, simplesmente porque estou apaixonada por ele, mas vou deixar vocês descobrirem sozinhos as maravilhas que o fundo do mar reserva. Só garanto que já vi muitos livros de colorir por aí e Jardim dos Corais é, sem dúvida, um dos mais bonitos e caprichados que têm por aí. Se você está procurando uma atividade pra relaxar e deixar o tempo passar mais tranquilamente, recomendo demais essa obra!

8 comentários:

  1. Esse livro parece ser lindo. Estou querendo um livro de colorir, talvez acabe me decidindo por esse.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então deixa eu te contar um segredo: amanhã começa uma promoção onde vou sortear um exemplar desse livro!

      Excluir
  2. Estou vendo livros de pintar para adultos em todo o lugar agora, tá dando até vontade de comprar um, mas não acho que eu iria me dispor a pintá-los. É uma terapia muito boa pra tirar o estresse, mas não pra quem tem tendinite como eu :( Ia acabar me estressando.

    Só se eu pintasse aos pouquinhos, mas não sei se vou ter paciência pra isso.

    Enfim, amei a sua resenha e a sua escolha de cores. Não sou tão interessada em cromoterapia, mas tenho uma amiga que é fascinada com isso, por isso sei um bocado de coisa que ela me conta. O Azul, minha cor preferida, é uma cor que transmite calmaria e suavidade.

    umlugarsoparanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tendinite dificulta mesmo, Laura... :/ Azul é a cor preferida da minha mãe!

      Excluir
  3. Poxa, sempre tive muita vontade de comprar um desses livros.. Mas o que me falta mesmo é coragem e tempo para pintar.. Nunca fui muito boa em pintar, mas sei lá, mesmo assim fico super animada com a ideia desses livros kk. Amei seus coloridos ♥
    Beijos
    sorvete-literario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas vc pode ir pintando aos pouquinhos, nas suas horas de folga, um pedacinho de cada vez... É uma delícia!

      Excluir
  4. Já tenho Jardim Secreto e Floresta Encantada, acho essa ideia linda. Infelizmente, a correria do dia a dia me impede de pintar com a frequência que eu gostaria... Amei seu blog!
    Beijos, http://www.moleca20.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não dedico o tempo que gostaria aos meus, mas sempre tendo reservar pelo menos um tempinho pra eles!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...