24.9.15

Eu sou fantástico: Mantícora

O Eu Sou Fantástico de hoje fala pra vocês sobre mais uma criatura mitológica: a Mantícora.


A Mantícora é uma criatura da mitologia persa semelhante às quimeras. Elas possuem rosto de homem, três afiadas fileiras de dentes de tubarão, voz trovejante, corpo de leão, pelo ruivo, olhos de cores diferentes e cauda de escorpião ou de dragão com a qual pode disparar espinhos venenosos. Esses espinhos matam quase qualquer ser, com exceção dos elefantes. Há algumas descrições dessa criatura onde, além de tudo o que já foi citado, ela aparece com asas de dragão ou morcego, variando no que diz respeito às suas dimensões que vão desde o tamanho de um leão até o tamanho de um cavalo. Também é dito que sua pele repele quase todos os feitiços conhecidos.

Originalmente, a Mantícora era apresentada como um monstro antropófago, ou seja, que come carne humana. O termo que a identifica tem origem na língua persa, sendo uma junção de martiya, que significa homem, e de khvar, que significa comer. Suas primeiras aparições ocorreram na Europa, através dos relatos do médico grego Ctésias de Cnido sobre a Índia. Plínio, o Velho incluiu-a na sua História Natural. Mais tarde, o escritor grego Flávio Filóstrato mencionou-a em sua obra Vida de Apolônio de Tiana.


Segundo algumas lendas, as Mantícoras surgiram quando um rei foi amaldiçoado. Aparentemente estas criaturas foram inspiradas em tigres, visto que, há um tempo atrás, muitas histórias de pessoas desaparecidas na Índia foram ligadas a elas. Contudo, depois foi descoberto que os responsáveis pelos desaparecimentos eram, na verdade, os tigres. A Mantícora é famosa por cantarolar baixinho enquanto come sua presa afim de distraí-la ou amedrontá-la.

Na saga de George R. R. Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo, há algumas referências a essa figura mitológica, como no caso do primeiro volume da série, onde é mencionado que Mantícoras eram mantidas em jaulas no Mercado Oriental. Porém, na série de TV essas criaturas são retratadas como uma mistura de aranha com escorpião. Outra obra da literatura que menciona esses seres é o terceiro volume da saga Percy Jackson, A Maldição do Titã, escrito por Rick Riordan. Elas também podem ser vistas no segundo filme dessa mesma série. Nos quadrinhos, elas aparecem no sétimo volume de Fábulas, publicado pela Panini e criada por Bill Willingham. Aqui, uma Mantícora aparece lutando contra o exército de madeira do Adversário. No anime One Piece, Luffy luta com varias Mantícoras que estavam sendo mantidas na prisão Impel Down.

Esses personagens também são usados em seriados, como em Merlin, onde uma Mantícora aparece como uma criatura invocada do mundo espiritual que pode exercer controle sobre homens, e em games, como em God of War: Ascension, onde ela surge como um chefão, enfrentado na Torre de Delfos e na Lanterna de Delos.


Como vimos, essas criaturas fantásticas são utilizadas por várias vertentes, desde livros, propriamente ditos, até músicas. Só por aí já dá pra ter uma noção do quanto esse ser desperta o interesse das pessoas, sobretudo daqueles que gostam de mitologia. Apesar de lembrar a Quimera, eu particularmente acho a Mantícora bem mais assustadora e interessante, portanto adorei pesquisar sobre ela pra trazer essas informações pra vocês. Tomara que vocês também tenham gostado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...