A transformação de uma leitora



Vamos lá.

Alguns de vocês talvez se lembrem de mim e do que eu resolvi chamar de a primeira fase do Mais Uma Página, onde, durante mais de dois anos, me dediquei a compartilhar com vocês a minha paixão pelos livros. Fiz amizades, desenvolvi contatos com autores e editoras, aprendi muito.

Mas nós somos seres em constante transformação, e como era inevitável, comecei a mudar. Como os livros que eu lia não me empolgavam mais como antes, passei a procurar por novos estilos. Eu via a necessidade de ler coisas mais densas e ao mesmo tempo sentia falta das leituras mais leves. Que fase estranha foi aquela. Enquanto as leituras densas eram cansativas, as leituras leves me entediavam. Eu simplesmente não conseguia mais definir o meu “eu literário” e cheguei até a pensar que poderia estar perdendo o gosto pela literatura.

Aos poucos, escrever para o blog foi se tornando uma obrigação, e junto disso aconteceram mudanças importantes na minha vida: saí do meu emprego, mudei de estado, casei.

Percebi, então, que não adiantava continuar com o blog se fosse pra fazer as coisas de qualquer jeito. Meu MUP merecia um carinho e dedicação que eu não estava disposta a dar naquele momento. Resolvi parar, mesmo que fosse por um tempo.

Quando avisei sobre minha decisão, pedi que vocês não se esquecessem de mim e prometi que aquilo não seria um adeus, mas apenas um até logo. Pois bem, foi mesmo só um até logo e agora estou aqui, numa versão mais madura e reencontrada, meu amor pela literatura mais forte que nunca, pronta para dar início à segunda fase do Mais Uma Página.

Se vocês ainda estiverem aí e se não for pedir muito, sigam nessa comigo. Estou louca pra matar a saudade de vocês.

Comentários

  1. MILYYYYYYY
    O processo de amadurecimento é complicado, hoje mesmo estava voltando de viagem e lendo e me deparei com a frase "a mudança sempre causa medo antes de produzir fé" (caso tenha interesse o livro é Deus Está Aqui, do Max Lucado, e talvez uma ou outra palavra da frase não sejam exatamente essas)
    Também vi meu gosto mudar, inclusive mudei o nome do blog, e como nem sempre consigo cumprir a assiduidade pretendida o novo nome faz bem mais sentido (é Hiattos, com dois Ts porque era o que dava pra fazer)
    O mais bacana é que sempre da pra voltar e revisitar as velhas paixões, seja para relembrar ou, o que mais acontece, ficar admirado em como mudamos.
    É muito bom te ter de volta, te desejo todo o sucesso do mundo tanto aqui quanto na vida real, parabéns pelo casamento!

    Grande abraço e que Deus te abençoe Milly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro comentário tinha que ser seu, Rudi! \o/
      A frase que você citou, mesmo que não seja exatamente com essas palavras, é muito verdadeira! Mudanças costumam ser assustadoras mas acabam por fortalecer nossa fé, seja em Deus ou até em nós mesmos, no sentido de acreditar na nossa capacidade de superação e adaptação.
      E, no final das contas, mudar é bom. Não gostaria de permanecer parada no mesmo lugar pra sempre. :)
      Acho que eu não sabia que você continua postando no blog, mas adorei o novo nome e tô indo lá agora mesmo!
      Obrigada pela companhia de sempre. Mesmo virtualmente é bom saber que existem pessoas que torcem, de verdade, pela gente. Também te desejo todo o sucesso do mundo, viu?!
      Beijos! Deus nos abençoe! :)

      Excluir
    2. Eu sumo de lá com frequência, mas as vezes volto, as postagens atuais são de livros que li no começo do ano

      Excluir
  2. Bem vinda de volta à blogsfera!!! Espero que dê tudo certo para você agora e não se preocupe porque mudar é bom, mas que da próxima vez você consiga conciliar tudo. Estarei na torcida por você <3

    Beijos :*
    https://ohamoramia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Jessica! Mudar é bom sim e faz parte, mas também espero que nenhuma mudança afete o blog novamente! kkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, MIchelly
    Bem-vinda de volta! Já passei por umas fases assim no blog e até parei de postar, sem contar as mudanças nas leituras. Isso acontece e muito! Com todos nós! O importante é que você não perdeu o amor pela literatura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Leticia! Olha, já cheguei à conclusão que meu amor pela literatura é imortal, viu?! kkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  4. Cheguei agora, mas já vou super acompanhar essa sua nova fase!!!!

    ResponderExcluir
  5. Gostei do post Michelly. Também adentrei uma nova fase no que concerne ao universo literário e ultimamente estou mais empolgada com clássicos e leituras mais densas. Fico feliz que tenha se encontrado e desejo muito sucesso em sua caminhada com o blog. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vanessa! Quando buscamos nos encontrar acabamos evoluindo de alguma forma, e isso, por si só, é muito bom!
      Beijos!

      Excluir
  6. Viva,

    Gostei de conhecer o blog e vou seguir com mais atenção

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá cheguei aqui pelo Hiattos. Vou acompanhar a nova fase...

    cafeebonslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly!
      Fico muito feliz de ter sua companhia aqui! Espero que goste!
      Beijos!

      Excluir
  8. Oi, Michelly. Essas mudanças, por mais que chatas, são normais na nossa vida; e que bom que, no fim, você as superou! Muito sucesso e ótimas leituras nessa nova fase! ;)

    Beijos.

    Crush For Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael!
      É exatamente isso que penso. O sentimento de ter superado um obstáculo, seja ele qual for, é muito gratificante. Agora eu estou com gás total! hehe
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi Mi
    Bem vinda de volta. Menina, eu tô numa faze estranha também em relação a livros. Eu quero ler coisas mais com mistérios e coisas assim, mas eu não tenho muitos livros assim na estante. Sabe como é? Eu continuo lendo coisas mais românticas, mas busco mais o drama que a comédia, sabe?
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso, Lary! Quando eu comecei essa minha "transformação", olhava pra estante e nada me interessava. Aí, aos poucos fui comprando outros livros mais dentro daquilo que estava despertando minha curiosidade e hoje a única dificuldade que tenho quando olho pra minha estante é a de escolher qual título leio primeiro! kkkkkk
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário