Maratona Literária de Verão 2018


Sim, eu devo estar ficando louca de participar de uma maratona bem no meio da minha mudança de cidade. Mas, gente, eu espero por esse momento desde que terminou a Maratona Literária de Inverno de 2017, portanto vou encarar esse desafio e seja o que Deus quiser!

Para quem não conhece, a MLV é idealizada pelo Victor Almeida, do canal Geek Freak e, juntamente com a versão de inverno, já se tornou tradição entre os leitores. Em 2018 ela irá acontecer de 13 a 27 de janeiro, e recebeu a alcunha de Jornada MLV, a qual está sendo baseada num mapa de um mundo criado pelo Victor.

É assim: o mundo é dividido entre dois reinos, Arcania e Galtero. Cada reino abarca quatro cidades e cada cidade traz um desafio para ser cumprido durante a maratona. Para participar, você precisa escolher um dos reinos e cumprir os desafios de suas cidades, os quais foram sendo revelados aos poucos.

As inscrições poderiam ser feitas antes ou depois de serem revelados todos os desafios e confesso que gostaria de ter me inscrito antes, às cegas, pois acho que assim seria muito mais desafiador. Só que, como falei, estou no meio de uma mudança de cidade e minha vida está uma bagunça, portanto optei por esperar todos os desafios saírem para, assim, conseguir adequar minhas leituras à minha rotina atual. Ou melhor, à minha falta de rotina atual.

Enfim, o que importa é que agora já defini meu reino e ele é Galtero! Eu queria era ele mesmo então, no final, tudo deu certo. Dito isso, só falta contar pra vocês quais são os meus desafios e as minhas escolhas para cumpri-los. São eles:

1. Baltivéria: ler um livro de um autor popular

Para essa categoria escolhi O Capote e outras histórias, de Nikolai Gógol, que pode não ser tão popular por aqui mas com certeza é muito popular na Rússia. Como o Victor não disse onde o autor tinha que ser popular, tá valendo.

2. Tresâmia: um livro comprado em uma promoção

Comprei alguns livros na última Black Friday, portanto poderia escolher qualquer um deles. Optei por  A Rainha Vermelha, segundo volume de Guerra dos Primos, porque ele é o que estava com o maior desconto. E também porque estou ansiosa pra fazer essa leitura, não vou negar.

3. Sombra-do-corvo: ler um livro que, aparentemente, só você conhece

Certamente, não sou a única que conhece um livro que traz textos de Jorge Amado, mas selecionei O Contador de Histórias porque a coleção Boa Companhia é pouco conhecida, ou pelo menos, pouco divulgada. Não deveria, pois é uma coleção incrível e eu aproveito para indicá-la à vocês.

4. Montevano: ler um livro que você sempre teve medo de ler

O último livro da lista será A Morte em Veneza, escrito pelo alemão Thomas Mann, vencedor do Nobel de 1929. Não é bem "medo" a palavra, mas como os vencedores do Nobel sempre impõem respeito, acho que ele cumpre o desafio.

Além disso, temos dois extras designados como "favor do rei" e "favor da rainha". O favor do rei consiste em ler um livro de um autor que não seja americano nem brasileiro. Na verdade, já estou lendo livros de um autor cuja nacionalidade é disputada entre Rússia e Ucrânia, uma autora nascida no Quênia e criada na Inglaterra e um autor alemão (filho de brasileira, falando nisso). Já o favor da rainha é ler um livro indicado por algum booktuber. Nesse caso, assisto canais que sempre indicam livros do Mann e do Gógol, como A Morte em Veneza e O Capote. Além disso, comecei a ler A Guerra dos Primos depois de ver um vídeo no canal da Tati Feltrin. Sendo assim, não vou adicionar mais nenhum título pra minha meta que, dada minha atual situação, já está bastante apertada.

E é isso gente, me desejem sorte porque dessa vez realmente será um grande desafio pra mim. Se você se interessou, ainda dá tempo de participar. É só ir lá no canal Geek Freak e se inscrever no formulário que tá no vídeo de apresentação da maratona. Depois eu volto pra contar qual foi meu desempenho. Oremos.

Comentários

  1. Você tá participando da MLV, que legal. Eu também *-* E também sou do reino Galtero (bate aqui 0/ )
    Também participei ano passado da maratona a adorei, por isso decidi participar esse ano de novo.
    Enfim, boa sorte e boas leituras pra nós ^_^
    Beijinhos e boa semana
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aee Isabelle!
      Somos guerreiras viking brabas mesmo! \O kkkkkkk
      Boa sorte e boas leituras!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Milly,
    Somos do mesmo reino o/
    Tudo bem que ainda estou decidindo se me inscrevo ou não. Enfim, adorei a justificativa da escolha do Gógol como leitor popular kkkk
    Só li O Capote mesmo dele, e adorei, é uma história que mesmo sendo melancólica é cômica, e redonda, sabe? Muito bem fechadinha, faz um tempo que venho ensaiando ler outra coisa do autor, vamos ver se faço isso esse mês...

    Grande abraço!!!
    Hiattos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudi!
      Gostei da definição "redonda"! Representa bem esse tipo de história bem amarrada, vou usar! hehe...
      Eu até votei no Capote quando vc fez uma enquete, lembra?! Tô mt curiosa, tomara que eu goste tb.
      Ah, e se inscreve sim! Vamos juntos defender Galtero! \o
      Beijos!

      Excluir
  3. Ola,
    Tacou logo um Thomas Mann na Maratona, CORAGEM!!!! Hahahahaus
    Eu gosto de maratonas assim para desencalhar livros de promoção da minha estante, sabe aqueles livros que você compra por impulso e acaba deixando de lado por que desanimou, então, esses mesmos que eu uso nessas maratonas, e também costumo pegar livro leves para isso, não gosto de pegar nenhuma leitura muito densa em maratonas por que preciso de um tempo maior para absorver essas histórias.
    Boa sorte para nós! Principalmente para mim que cai na de adicionar livros para os desafios de rei e rainha também hahahaha
    #OREMOS

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ozzy!
      Acho que vou deixar o Mann por último pra ler sem pressão. :)
      Essas maratonas são ótimas pra isso mesmo, também costumo aproveitar pra desencalhar livros durante elas. Apesar disso, dessa vez só vou ler os que comprei recentemente.
      Comecei a ler o livro do Gógol e ele não é tão denso quanto pensei, tá fluindo muito bem! O do Jorge Amado são histórias curtas e A Rainha Vermelha tem uma linguagem bem fácil. Então eu acho que o desafio mesmo ficou por conta do Mann. Vamos ver!
      Boa sorte pra gente!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá,

    eu até ia participar da MLV, no ano passado foi minha primeira vez e gostei muito, mas estou lendo alguns livros nada fáceis em um grupo de leitura conjunta, então não ia dar conta, mas gostei bastante da sua escolha!

    Beijos
    https://lovelyplacee.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu fico super empolgada com essas maratonas então paro tudo que estiver lendo pra mergulhar nos desafios! hehe... Dessa vez realmente tá complicado pra mim, me falta tempo, mas vamos ver o que eu consigo ler!
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário