4 livros que marcaram minha fase jovem leitora


Eu não tenho o costume de falar sobre livros jovem adulto (os populares YA - young adults) aqui no blog porque esse não é o tipo de livro que mais leio ultimamente. Mas já li muitos e já amei muitos. Alguns, inclusive, ficaram guardados no meu coração. Hoje resolvi contar pra vocês quais são os YA que mexeram profundamente comigo e que, por isso, indico pra todo mundo. 

1. Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo

Esse livro narra o nascimento de um amor e o despertar de um garoto para sua sexualidade. Mas, sinceramente, pra mim tanto faz se os protagonistas são homossexuais ou heterossexuais, tanto porque acho bem idiota essa mania de ficar separando as pessoas em grupos. O que mexeu comigo aqui foi a maneira com que o autor desenvolveu sua história, de uma forma extremamente singela e real. Terminei o livro sentindo que ele permaneceria vivo em meu coração para sempre. E pelo visto eu não estava errada.

2. Cartas de Amor aos Mortos

Através de cartas para pessoas que já morreram, a protagonista dessa história vai revelando a tragédia que aconteceu em sua vida. O que me pegou de jeito aqui foi a relação entre irmãs de que o enredo trata, visto que eu tenho uma relação muito próxima com a minha. Li a versão de teste, já que na época eu era parceira da editora, e depois ganhei o livro pronto também, e gosto tanto que não consigo me desfazer de nenhum dos dois.

3. A Culpa é das Estrelas

Quem nunca ouviu falar da obra mais famosa de John Green? Mesmo que você não tenha lido, com certeza sabe do que se trata esse livro. Pois essa foi uma das pouquíssimas histórias que me fizeram chorar, até hoje. Aliás, como diz na própria capa, ele me fez chorar, me fez sorrir, me fez sentir de tudo um pouco. Também é um dos poucos cuja adaptação conseguiu ser tão boa quanto o livro. Digam o que quiserem, eu amo a história de Hazel e Gus.

4. Extraordinário

Outro livro que ganhou adaptação mas, diferentemente do anterior, essa eu ainda não assisti. Mas não me pergunte o porquê, já que adorei o livro, o qual trata de um assunto delicado (uma criança que sofre de uma síndrome que causa deformação facial) de uma forma leve e despretensiosa. É uma história rápida, escrita de forma simples e fluida, que trouxe um quentinho pro meu coração. 

Comentários

  1. Eu não gosto muito desse gênero que livro não, mas já li Extraordinário e gostei muito (nem sabia que ele era YA).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda!
      Extraordinário toca o coração de todo mundo, é incrível! :) Tenho um outro livro de frases de Extraordinário tb, de capa dura, mt lindinho, vc conhece?
      Beijos!

      Excluir
    2. Não conheço não, tenho apenas o livro "comum" de Extraordinário. Sei que existem também livros com a versão da história por outros personagens, mas também nunca li.

      Excluir
    3. Esses com outras perspectivas eu não conheço. Vou pesquisar! :)

      Excluir
  2. Oi Milly,
    Então... desses aí só li A Culpa é das Estrelas e só tenho interesse em Extraordinário... ele está na fila... pra algum momento da vida kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudi!
      É uma leitura tão rápida! Aproveita o embalo do filme e lê de um vez! ;)
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá ^-^
    Amo ler YA, mesmo que só tenha descoberto a nomenclatura depois de ler um bocado de livros do gênero ^^'
    Dos que você citou, li "A culpa é das estrelas" (um dos meus favoritos do John Green) e "Extraordinário" e sou apaixonada por ambas as histórias. Também assistas às respectivas adaptações e acho que você vai gostar do filme de "Extraordinário" (está bem parecido com o livro, até na questão das perspectivas diferentes *-*).
    Os outros dois livros já ouvi falar e muito bem. Pretendo ler eles algum dia.
    Beijinhos e boas leituras
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle!
      Preciso assistir logo Extraordinário! No momento estou me dedicando aos filmes do Oscar, mas assim que terminar todos os indicados, crio vergonha na cara e assisto a história de Auggie! :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Oii!!
    Quero ler a Culpa é das Estrelas. Bom saber que você gostou!

    Eu vi o filme "Extraordinário" e depois li o livro, logo em seguida mesmo. O livro foi um flashback estendido do filme pra mim: os personagens na minha cabeça eram os atores. Isso não é a melhor coisa do mundo, mas foi uma experiência diferente e bacana porque o filme foi muito fiel e tinha uma delicadeza! Tem coisas que ficaram bem mais legais na tela, inclusive! É mesmo uma história que aquece o <3.


    sonhos-e-suspiros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dafne!
      A Culpa é muito bom. Tem uma linguagem fácil e é uma leitura rápida.
      Preciso ver o filme Extraordinário tb! Tenho certeza que vou gostar. :)
      Beijos!

      Excluir
  5. Ola (de novo),
    Eu ultimamente tenho fugido de YAs, principalmente aqueles que vieram na ultima onda da moda, nao e um genero que costumo me identificar, mas tenho alguns favoritos tambem.
    Da sua lista eu ja ouvi falar bastante sobre 'Aristoteles e Dante...' e sobre 'Carta de Amor aos Mortos' mas nenhum ainda me chamou a atençao.
    'A Culpa É das Estrelas' eu li na epoca do hype, eu nao achei tao legal, mas mantenho na minha coleçao por que ganhei de uma amiga e ele tem uma dedicatoria dela tao linda <3, mas enfim...
    Se eu fosse listar 4 YAs que eu amo e me marcaram bastante seriam: 'Minha Metade Silenciosa', 'Will & Will', 'Menino de Ouro' e 'Revoluçao em Mim' (esse ultimo eu li na quinta serie, e tentei reler depois de grande e nao curti muito, mas me marcou muito na epoca que li).

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ozzy!
      Eu tb não tô muito na onda de YA não, mas alguns autores como John Green e E. Lockhart eu gosto! :)
      Não li nenhum dos que vc citou mas já ouvi muitos comentários positivos e sei que são livros importantes pra muita gente.
      Tanto Aristóteles quanto Carta são muito delicados na forma de tratar seus temas. Acho que vc vai gostar!
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário