5 autores que preciso conhecer

Pilha de livros com indicações de cinco autores

Não é novidade pra ninguém que nós, leitores, temos uma lista infindável de obras e autores para conhecer. Mas é claro que tem sempre aqueles mais urgentes, que nos despertam maior interesse e por isso acabam passando na frente. Comigo acontece o mesmo, como não poderia deixar de ser, e hoje apresento a vocês os cinco autores que estão aos berros na minha estante para que sejamos logo apresentados.

1. Stendhal

Stendhal é o pseudônimo de Henri-Marie Beyle, escritor francês mais conhecido por seu romance O Vermelho e o Negro. Hoje já temos uma edição belíssima da Martin Claret para substituir a da finada Cosac Naify mas como na época que eu procurava um Stendhal pra chamar de meu ainda não havia a da Martin e a da Cosac estava esgotada, acabei optando por comprar Armance, e será através dele que conhecerei o famoso estilo seco do autor. Esse livro, inclusive, está na minha meta de 12 livros para 2018.

2. Ken Follett

O britânico Kenneth Martin Follett é um daqueles autores que tenho a impressão de ser a única que ainda não conhece, o que é estranho já que gosto do tipo de livro que ele escreve e, inclusive, me interesso por alguns há muito tempo. Minha intenção era começar por Os Pilares da Terra, mas quis o destino que eu ganhasse A Chave de Rebecca num sorteio do Skoob, sendo assim, começarei por ele mesmo.

3. Jules Verne

Outro francês da lista, Jules Gabriel Verne, também conhecido em países de língua portuguesa como Júlio Verne, é autor de vários clássicos de aventura aclamados no mundo inteiro. Sua obra já foi traduzida em mais de 140 países, o que faz com que ele seja um dos autores mais traduzidos da história. Depois que comprei A Ilha Misteriosa fiquei sabendo que deveria ler Vinte Mil Léguas Submarinas antes, mas já comprei Ilha e optei por começar por ele mesmo. Vai dar certo, tenhamos fé. Esse também está na lista de 12 livros para 2018.

4. H. P. Lovecraft

Confesso que ando numa vibe suspense e terror ultimamente e nada melhor do que conhecer um dos grandes mestres do gênero, né?! Howard Phillips Lovecraft nasceu nos EUA e se consagrou escrevendo histórias que mesclam terror e ficção científica. Sinceramente, não sei como passei até hoje sem conhecê-lo mas em breve isso será resolvido através dessa edição maravilhosa da Darkside. Dá até gosto de ver um livro bonito desses.

5. Donna Tartt

Faz um tempo que ganhei O Pintassilgo da própria editora Companhia das Letras e desde então, graças às resenhas divergentes que leio sobre ele, venho postergando a leitura. Mas esse ano também o coloquei no desafio 12 livros e acho que chegou o momento de conhecer Donna Tartt, americana do Mississippi e ganhadora de um Pulitzer. Seu primeiro romance, A História Secreta, também é bastante conhecido no Brasil mas primeiro vamos ver o que Pintassilgo nos guarda, depois, se for ocaso, procuro outras obras dela pra ler.

Comentários

  1. Oi Michelly, legal o assunto do post. Dos autores que você citou conheço só o Jules Verne e quero muito (há muito tempo também) conhecer o Ken Follett.

    Sucesso nas leituras!
    CAFÉ E BONS LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly!
      Vou tentar começar Verne ainda essa semana. Já ouvi tantos elogios que estou cada dia mais curiosa! :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Dos citados li apenas Julio Verne, ótimas dicas
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felipe!
      Pelo que tô vendo, acho que só eu não li Verne ainda!! hehe...
      Beijos!

      Excluir
  3. Adorei os autores da lista!
    Li apenas livros do Julio Verne, mas Ken Follett e H.P. Lovecraft estão na minha lista já faz um bom tempo já que amo de paixão o gênero da escrita deles!
    Vamos ver se em 2018 conseguimos conhecer haha

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicole!
      Vamos conseguir, sim, pensamento positivo! kkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  4. Do Júlio Verne não gostei tanto de Viagem ao centro da terra e Vinte mil léguas submarinas; achei muito agradável a leitura foi de Volta ao mundo em 80 dias, e é bem curtinho, em torno de 3 a 4 horas de leitura só !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maurilei!
      Pelo que vi esse que tenho é o maior da coleção de Verne da Zahar. Tomara que eu goste da escrita dele pra que eu corra pra comprar os outros. Já vou guardar essa dica de Volta ao Mundo, obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Milly,
    Da sua lista já li Ken Follett (Um Lugar Chamado Liberdade), Jules Verne (Viagem ao Centro da Terra) e H.P. Lovecraft (Nas Montanhas da Loucura e outros contos), desses só gostei, realmente, e muito, do Ken Follett, Lovecraft achei bacana, mas nada tão sensacional e Verne me decepcionou.
    Também quero ler Stendhal, tenho O Vermelho e O Negro na edição da TAG aqui, e também está na minha meta para 2018

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudi!
      Comecei a ler o do Verne e até agora estou gostando bastante. Tomara que continue assim! hehe...
      Todo mundo fala tanto de Lovecraft que estou tentando controlar as expectativas mas tá difícil.
      Tinha uma edição de O Vermelho e o Negro da Cosac maravilhosa, que é a que eu queria mesmo. Mas a da Martin Claret tb tá linda. Não lembro como é a edição da TAG, vou procurar. Mas como o que importa mesmo é o conteúdo, independente da edição, preciso ler esse clássico!
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Mi, tudo bem? Eu tinha medo de ler Lovecraft, mas li esse ano os contos da edição da Darkside e da Martin Claret e amei <3 Minha meta agora é o Verne!

    Bjs, Mi

    http://oquetemnanossaestante.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! :)
      Tb quero a edição da Martin Claret, acho ela linda! Mas vou ler essa que tenho primeiro, depois, se gostar, busco outros livros do autor.
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário